Siga-nos

Perfil

Expresso

Eleições nos EUA

Filha de Kennedy quer substituir Hillary no Senado

Caroline Kennedy, de 51 anos, passou grande parte da sua infância na Casa Branca até ao assassínio do pai, John F. Kannedy, em 1963.

 

A filha do antigo Presidente dos Estados Unidos, John F. Kennedy, Caroline Kennedy, está interessada no lugar de Hillary Clinton no Senado, caso a antiga primeira dama ocupe o cargo de secretária de Estado no Governo de Barack Obama. Segundo os especialistas, o interesse público de Caroline Kennedy faz dela a principal candidata ao lugar. 

O porta-voz de Caroline Kennedy, Stefan Friedman, não confirmou à imprensa o alegado interesse. Contudo, o governador democrata David Paterson afirmou que Caroline lhe disse pessoalmente estar disponível para o lugar. "Ela (Caroline Kennedy) disse-me que está interessada no lugar", afirmou Paterson. 

A actual senadora Hillary Clinton é apontada na imprensa como futura secretária de Estado para a Presidência de Barack Obama, que toma posse a 20 de Janeiro. Se tal se confirmar, Clinton deve deixar o seu lugar democrata no Senado.

O seu substituto será escolhido pelo Governador de Nova Iorque, Stefan Friedman, que é quem tem a autoridade para tal decisão.

Caroline Kennedy, de 51 anos, passou grande parte da sua infância na Casa Branca até ao assassínio do pai, em 1963. É ainda sobrinha de Robert F. Kennedy, antigo senador de Nova Iorque e candidato presidencial assassinado em 1968.  

Outro de seus tios, o senador Ted Kennedy, de Massachusetts, é um dos membros mais influentes no Senado dos Estados Unidos.