Siga-nos

Perfil

Expresso

Eleições no Reino Unido

Brown está pronto para negociar com Clegg

Gordon Brown falou aos jornalistas na qualidade de primeiro-ministro, à porta da residência oficial

Sang Tan/AP

Os Conservadores ganharam as eleições e têm 306 deputados. Mas Gordon Brown já avisou que está disponível para falar com Nick Clegg, caso os Conservadores não cheguem a acordo com os Democratas Liberais. Clique para aceder ao índice do dossiê dossiê Eleições em Inglaterra.

O Partido Conservador ganhou as legislativas no Reino Unido sem maioria absoluta, ficando com 306 deputados, de acordo com os resultados finais hoje divulgados. O Partido Trabalhista, que esteve no poder desde 1997, alcançou 258 lugares na Câmara dos Comuns e os liberais democratas ficaram na terceira posição com 57 lugares.

Clique para aceder ao índice do dossiê Eleições em Inglaterra

Apesar da vitória dos Conservadores, continua a ser o Trabalhista Gordon Brown quem tem a faca e o queijo na mão. O ainda primeiro-ministro Gordon Brown manifestou compreensão pela prioridade dada pelo líder dos Democratas Liberais, Nick Clegg, em discutir com os Conservadores uma coligação governamental, mas abriu a porta caso as negociações fracassem.

Numa declaração à porta do número 10 de Downing Street, a residência oficial do chefe do governo, Brown fez uma avaliação do resultado das eleições enquanto primeiro ministro com o dever constitucional de procurar uma solução para o bem do país, não como líder do partido Trabalhista" .

Brown disponível para negociar com Clegg

"Se as discussões entre Cameron e Clegg não tiverem resultados, estamos dispostos a falar com Clegg sobre temas em que haja algum entendimento entre os dois partidos", acrescentou Brown.  O líder dos Trabalhistas destacou dois temas, a estabilidade económica e a reforma do sistema eleitoral, que pretende submeter a referendo.

"As pessoas não gostam de incerteza nem querem esperar muito tempo mas vivemos numa democracia parlamentar", vincou.

"Mas", recordou, " o resultado foi ditado pelo eleitorado e é nossa responsabilidade fazê-lo funcionar para o bem nacional". A declaração de Gordon Brown, sem direito a perguntas, foi feita meia hora antes do horário anunciado para David Cameron, partido com maior número de deputados, tomar posição sobre, segundo um porta voz, "como pretende formar um governo forte e estável com apoio alargado que age no interesse nacional".

Desde 1974, esta é a primeira vez que um partido não alcança no Reino Unido maioria absoluta para governar.  Os pequenos partidos ficaram com 28 lugares, incluindo os ecologistas liderados por Caroline Lucas que alcançaram pela primeira vez um lugar no parlamento.

Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.