Siga-nos

Perfil

Expresso

A revolta dos monges

Petição online para o fim da violência na Birmânia

“Não podemos permitir que manifestações pacíficas sejam reprimidas com força", diz a Avaaz.org

A Avaaz.org pede o apoio de todos os cidadãos para entregar uma petição ao Conselho de Segurança das Nações Unidas. O objectivo é pedir o fim da repressão violenta aos manifestantes de Mianmar.

"Depois de décadas de uma ditadura militar repressiva o povo de Mianmar está a manifestar-se e precisa da nossa ajuda". O apelo foi feito pela organização não governamental Avaaz.org, que elaborou uma petição online em prol do fim da violência na Birmânia. Mais de 570 mil pessoas, de 192 países, já se juntaram à causa.

O objectivo da petição é recolher um milhão de assinaturas, para posteriormente pedir ao Conselho de Segurança das Nações Unidas e ao Governo Chinês que assegurem o direito à manifestação pacífica e o fim da repressão violenta contra os cidadãos de Mianmar.

"Não podemos permitir que manifestações pacíficas sejam reprimidas com força", salienta a Avaaz.org, que se identifica como uma "comunidade de cidadãos de todo o mundo, cuja meta é garantir que as opiniões e os valores da população mundial - e não apenas das elites políticas e corporações que não prestam contas a ninguém - sejam a base para as decisões internacionais".

A Avaaz.org pede a ajuda urgente de todos os cidadãos do mundo naquela que é "uma corrida contra o tempo" para fazer parar as "as centenas de mortes" que este conflito já originou. Para participar basta aceder ao site da organização e deixar o seu nome, email, contacto telefónico e nacionalidade. "574,242 pessoas já apoiaram o povo de Mianmar. Ajude-nos a chegar aos 1.000.000".