Siga-nos

Perfil

Expresso

Mês do Ambiente

Indústria bem comportada

A indústria transformadora portuguesa tem tendência a diminuir as suas emissões, enquanto as famílias e os transportes as aumentam.

A indústria transformadora foi o sector da actividade económica que mais contribuiu (36%) para as emissões de CO2 em 2004, segundo os dados revelados esta semana pelo INE, no relatório sobre Indicadores Eco-Ambientais. Mas, comparando com os resultados de 1995, tanto este sector como a electricidade, gás e água (25%) têm vindo a decrescer, em comparação com outros sectores da economia portuguesa.

No período de 1995-2004, a intensidade das emissões de CO2 agravou-se especialmente na construção, comércio e hotelaria, transportes, armazenagem e comunicações. No conjunto da actividade económica, a taxa média anual de crescimento das emissões é de 2,1%.