Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Gripe mais moderada do que na época passada

Getty

Atividade gripal na época 2018/2019 está muito abaixo da registada no período anterior, quando o pico de infeções se registou durante o mês de dezembro de 2017. Na época a decorrer, foi no passado fim de semana que, até agora, os portugueses mais telefonaram para a Saúde 24

Vera Lúcia Arreigoso

Vera Lúcia Arreigoso

texto

Jornalista

A gripe já se instalou entre a população portuguesa e deverá atingir o nível máximo ainda em janeiro mas para já tem sido mais branda do que na época anterior, a de 2017/2018. Na última semana do ano, a taxa de incidência foi de 28 casos por 100 mil habitantes, bastante menos do que as cerca de 70 infeções em dezembro de 2017, quando ocorreu o pico do passado período gripal.

Os dados do Instituto Ricardo Jorge (INSA) indicam também que as infeções vão continuar a aumentar e a pressionar a procura dos serviços de saúde. Antevendo o agravamento da situação, a diretora-geral da Saúde, Graça Freitas, fez sexta-feira um apelo para a utilização da linha Saúde 24 como primeira porta de acesso aos cuidados e a mensagem parece ter surtido efeito. No fim de semana seguinte ao apelo das autoridades de saúde, o primeiro de 2019, os portugueses recorreram mais ao apoio telefónico do que no anterior ao alerta, o último de 2018.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. Pode usar a app do Expresso - iOS e Android - para descarregar as edições para leitura offline)