Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

“Nem toda a gente é elegível para asilo mas toda a gente merece ser ouvida”: a crise “sem precedentes” na fronteira sul da América

Pelo menos cinco mil pessoas estão neste momento a caminhar juntas em direção aos Estados Unidos, onde pensam pedir asilo

CARLOS GARCIA RAWLINS/reuters

Donald Trump tem medo das cinco mil pessoas que estão neste momento a fazer a pé o caminho desde a América Central até aos Estados Unidos. É um medo político, de quebrar a promessa que fez em emagrecer os números da imigração. Com o exército na fronteira e a “caravana” a chegar, o presidente dos Estados Unidos assinou uma ordem executiva que torna muito mais difícil pedir asilo no país

Ana França

Ana França

Jornalista

Os advogados de imigração já estão na “linha de fogo” contra a nova política de Donald Trump, cujo rascunho final foi conhecido quinta-feira e que visa rever as regras de acesso ao estatuto de exilado nos Estados Unidos. Quem tentar entrar fora dos postos fronteiriços perde direito a asilo.

Num artigo de opinião para o “New York Times”, a jornalista e escritora Sonia Nazario, cujos pais foram eles próprios “caminhantes” numa “caravana” nos anos 70, conta uma história que diz ser a prova de que mesmo as técnicas mais severas de “dissuasão” da imigração não funcionam. “Na associação de ajuda a crianças Kids in Need of Defense conheci a família de uma mãe com quatro filhos, um deles de colo e que ainda mamava. O bebé foi-lhe retirado este verão, na nossa fronteira. Durante semanas, nem a mãe nem o nosso governo sabiam onde o bebé estava. Quando encontraram a criança, deram-lhe a criança errada. Assim que encontraram o filho certo e lho devolveram, as autoridades levaram-na a uma paragem de autocarro no Texas e deixaram-na lá sem dinheiro para voltar para o México. É completamente desumano e mesmo assim as pessoas preferem continuar a vir.”

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para descarregar as edições para leitura offline)

  • Trump processado por causa do novo regime de requisição de asilo

    Três associações acusam Donald Trump de violar a Lei da Imigração e da Nacionalidade e a Lei dos Procedimentos Administrativos. No entender dos advogados que representam estes grupos, Trump não pode, por decreto e sem fazer passar a mudança da lei por ambas as câmaras do Congresso, modificar os requisitos de acesso ao asilo