Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Portugal não vai cumprir as metas de reciclagem de lixo em 2020 e já tem a Comissão Europeia à perna

Portugal tem quase que triplicar a reciclagem daqui até 2025

FOTO GONÇALO ROSA DA SILVA

Em 2019, técnicos de Bruxelas vão estar a supervisionar o que Portugal vai fazer para acelerar o cumprimento das metas de reciclagem de resíduos urbanos. Dados oficiais de 2017 indicam que o país não vai cumprir as metas para 2020, e muito dificilmente as de 2025

Carla Tomás

Carla Tomás

Jornalista

Daqui a pouco mais de um ano, Portugal devia estar a reciclar metade dos resíduos recicláveis e a não colocar mais de 10% do lixo urbano (das nossas casas e escritórios) em aterro. E em 2025, a meta ainda é mais ambiciosa e impõe reciclagem de 55% do total de resíduos urbanos produzidos. Porém o país está muito longe de cumprir o que lhe é exigido.

Os números apresentados no Relatório Anual de Resíduos Urbanos 2017 indicam que 57,4% do lixo produzido em 2017 foi parar a aterro e que apenas 22% dos resíduos geridos pelos sistemas tiveram a reciclagem e a compostagem como destino final. Isto num ano em que os portugueses aumentaram a produção de lixo em 2% para cinco milhões de toneladas, fruto da atenuação da crise económica e do consequente aumento do consumo e reduziram a sua separação e envio para reciclagem.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para descarregar as edições para leitura offline)