Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Associação critica forma como Lisboa comunicou suspensão de novos registos de alojamento local

Inês Duque

Associação fala em fugas de informação que trouxeram de novo o conflito num momento de maior estabilidade no sector e na relação com a câmara

Ana Baptista

Ana Baptista

Jornalista

A Associação do Alojamento Local Em Portugal (ALEP) criticou a forma como a Câmara Municipal de Lisboa (CML) comunicou quais serão as zonas onde pretende suspender todos os registos de novos alojamentos locais já a partir de novembro. Ou seja, antes mesmo de haver um regulamento e critérios definidos para essas zonas que foram introduzidas pela nova lei que entrou em vigor esta semana.

“A comunicação foi mal gerida, ou melhor, não foi gerida. Deixou-se, durante vários dias, que o público em geral soubesse dos resultados do estudo através de fugas de informação”, diz ao Expresso o presidente da ALEP, Eduardo Miranda.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito: basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso. pode usar a app do Expresso - iOS e android - para descarregar as edições para leitura offline)