Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Como se deve perguntar às crianças se gostam de homens ou mulheres? “É preciso discutir primeiro o que significa namorar”

Daniel Sampaio é professor catedrático jubilado de Psiquiatria e Saúde Mental e coordenou o grupo de trabalho da educação sexual

Tiago Miranda

Inquérito a alunos de 9 e 10 anos perguntava se sentiam atração por homens, mulheres ou ambos. Em entrevista ao Expresso, o psiquiatra Daniel Sampaio defende a importância de abordar o tema com os alunos, mas admite que colocar determinadas questões às crianças sem o “necessário enquadramento” não faz sentido

O inquérito foi apresentado a uma turma do 5º ano da Escola Francisco Torrinha, no Porto, e nele se perguntava aos alunos, com idades entre os 9 e os 10 anos, se namoravam atualmente, se já tinham namorado antes e se se sentiam atraídos por homens, mulheres ou ambos. A ideia seria debater as questões da igualdade de género no âmbito da nova disciplina de Cidadania e Desenvolvimento.

O documento chegou ao conhecimento público através das redes sociais e lançou a polémica. A Associação de Pais da Escola reconheceu que o inquérito era “desadequado”, mas também lamentou as “proporções desadequadas” que o caso atingiu. E reiterou a “confiança” na escola, que integra o Agrupamento Garcia D’Orta. A direção do estabelecimento não quis pronunciar-se.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido