Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Eletricidade teve em setembro o quarto mês mais caro da última década

Regulador da energia anunciará a 15 de outubro a sua proposta tarifária para 2019

getty

Há essencialmente quatro razões para a escalada do preço

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

O preço da eletricidade no mercado grossista ibérico, que serve de referência para o valor que as elétricas cobram aos clientes finais, alcançou em setembro um valor médio mensal de 71,3 euros por megawatt hora (MWh), o que fez deste registo o quarto mês mais caro da última década, de acordo com os registos do operador do mercado ibérico de contratos diários (Omie).

A escalada do preço da eletricidade para Portugal e Espanha levou esta forma de energia a um valor historicamente alto. Além de setembro ter sido o mês mais caro do corrente ano, só perdeu, ao longo dos últimos 10 anos, para três registos: janeiro de 2017 (quando o preço médio do mês se fixou em 71,5 euros por MWh), novembro de 2008 (76,5 euros) e outubro de 2008 (76,4 euros).

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido