Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Tiago Oliveira: “Ou mudamos a paisagem ou temos de mudar de vida”

Tiago Oliveira, chefe da Estrutura de Missão para o Sistema Integrado de Fogos Rurais, assumiu o cargo há quase um ano

José Carlos Carvalho

O responsável por pôr em prática as recomendações das duas comissões técnicas independentes, criadas em 2017, defende a aposta na silvopastorícia, no fogo controlado e em pôr as pessoas a cuidar da sua terra. “Se não cuidam da terra, para que a querem?”

Carla Tomás

Carla Tomás

Jornalista

Tiago Oliveira, o chefe da Estrutura de Missão para os Sistema Integrado de Fogos Rurais, acredita que a tragédia dos incêndios de 2017 “obrigou a pensar o problema dos fogos em Portugal e a perceber que só o combate não é solução”. Em entrevista ao Expresso, assegura que a aposta na integração de prevenção e combate “está a avançar”, mas que “é preciso mudar a paisagem com políticas, mobilização social e valorização da florestal”. E subscreve as palavras que lhe foram transmitidas por vários peritos internacionais em incêndios, que passaram este ano por Portugal a convite da Estrutura de Missão: “Parem de fazer planos e conversa e tratem da vegetação, pois as alterações climáticas não podem ser a desculpa”.

Desde início do ano passaram por Portugal 20 especialistas internacionais em incêndios no âmbito do programa de intercâmbio criado pela Estrutura de Missão do Sistema de Gestão Integrada de Fogos Rurais. Como está a correr?
Os peritos internacionais trouxeram experiências para partilhar e manuais com as funções 'standard' para cada entidade e foi isso que explicaram aos elementos da Força Aérea, da Proteção Civil, da GNR ou dos bombeiros, com quem estiveram ou a quem deram formação. Teremos de adaptar estes manuais. Mas a semente que trazem caiu em terra fértil e agora é uma questão de regar. O programa de intercâmbio de experiências também permite levarmos os nossos elementos a passarem um mês na Austrália, no Chile ou nos EUA, aprendendo sobre o que lá se faz, pegando nas pessoas que se mostraram os líderes de amanhã.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido