Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Taxa Robles? “Resposta do PSD vai além do IRS”

Joaquim Sarmento recusa a discussão “futebolizada” da política e não abre todo o jogo sobre a estratégia do PSD para o Orçamento de 2019

Nuno Botelho

Joaquim Miranda Sarmento, porta-voz do PSD para a área das finanças públicas, revela que a solução para a especulação imobiliária é mais abrangente que a do Bloco de Esquerda. E reconhece que há pouca margem para baixar impostos

Na sua primeira entrevista como porta-voz do Conselho Estratégico Nacional do PSD para o tema das finanças públicas – entrevista que pode continuar a ler na edição do próximo sábado do Expresso – Joaquim Miranda Sarmento revela que o principal partido da oposição está a preparar uma medida bem mais “abrangente” do que aquela que o Bloco de Esquerda propôs para travar a bolha especulativa imobiliária e controlar os preços da habitação nas principais cidades do país.

Recorde-se que o Bloco de Esquerda propôs uma taxa de IRS particularmente penalizadora para quem compra e vende com muito lucro em pouco tempo. Uma proposta para taxar a especulação imobiliária que Rui Rio disse que “não é assim tão disparatada".

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido

  • “O Governo deitou a retoma pela janela fora”

    Na sua primeira entrevista como porta-voz do PSD para as finanças públicas, o professor universitário Joaquim Miranda Sarmento critica o Governo do PS por não ter aproveitado esta legislatura de bonança económica e de baixas taxas de juro para desendividar o país e precavê-lo de novas crises.