Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Portugueses vão ter acesso gratuito a informação científica médica

Getty

Ministério da Saúde vai custear o acesso generalizado às principais plataformas médicas digitais, usadas até agora sobretudo pelos médicos, que pagam cerca de 1200 euros anuais pelo acesso. Gratuitidade entra em vigor em janeiro e mantém-se por três anos

Os médicos que exercem em Portugal poderão aceder gratuitamente a conteúdos científicos cujos custos têm atualmente de suportar. O acesso às quatro plataformas médicas digitais mais prestigiadas a nível internacional vai ser totalmente livre. Os custos de utilização agora suportados pelos clínicos, cerca de 1200 euros anuais para quatros publicações científicas, vão ser pagos pelo Ministério da Saúde.

A gratuitidade no acesso ao conhecimento médico publicado pelos “BMJ Best Pratice”, “Cochrane Library”, “DynaMed Plus” e “UptoDate” — reconhecidos por disponibilizarem “a melhor e mais relevante evidência científica” — entra em vigor em janeiro do próximo ano, nesta fase por um período de três anos. A medida resulta de um protocolo assinado esta terça-feira entre o ministro Adalberto Campos Fernandes e o bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Guimarães.


Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)