Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

As startups estão a fugir de Silicon Valley?

Vista aérea mostra o campus da IBM em São José no ano 2000, cidade que se autointitula capital de Silicon Valley

Foto David McNew/Newsmakers

Conhecida como a meca da tecnologia e da inovação, a região da Califórnia está a ver muitos dos seus empreendedores e investidores a procurarem outras geografias. O elevado custo de vida, as longas horas passadas no trânsito e a dificuldade para as startups atraírem e reterem talento num mercado de trabalho supercompetitivo são alguns dos motivos. Mas existem mais

Antes de trocar os vastos campos agrícolas pelas construções de aço e betão, Silicon Valley não era Silicon Valley. Conhecido pela beleza das suas flores e pomares, o vale de Santa Clara começaria por ser apelidado de Valley of the Heart’s Delight (Vale do Encantamento, numa tradução livre) após a visita do marechal britânico Lord Kitchener em 1890.

Seria só a partir da década de 50 do século XX que a nova indústria de produção de chips de silício, impulsionada pela investigação da universidade de Stanford e fundamental para os desenvolvimentos na área de computação, esboçaria o caminho para um novo conceito na região. Duas décadas depois, o atual nome era cunhado por Don Hoefler, jornalista de tecnologia no “Electronic news”, numa coluna sobre a indústria semicondutora publicada em 1971.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)