Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Medina quer, Centeno avalia, Costa decide: como passes mais baratos em Lisboa podem reduzir o peso dos carros

Fernando Medina revelou a proposta de baixar os custos dos passes sociais no sábado em entrevista ao Expresso

Tiago Miranda

Peso do automóvel em Lisboa não pára de subir, representando já 57%, mais do dobro do transporte públicos. Passes sociais mais baratos custam 65 milhões

Se Mário Centeno deixar e António Costa quiser, Fernando Medina e os demais autarcas da Área Metropolitana de Lisboa podem ter uma prenda de Natal antecipada para dar aos seu munícipes - eleitores: passes sociais mais baratos. O presente custa é 65 milhões de euros. Ao Orçamento do Estado. Todos os anos.

As contas foram feitas pelo próprio Fernando Medina, que as revelou em entrevista ao Expresso este sábado. E resultam da proposta já apresentada ao executivo, para que os cidadãos dos 18 munípios da Grande Lisboa passem a pagar €30 de passe para circular dentro a cidade e os cidadãos da Grande e um máximo de €40 para afluir à capital e circular nela.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)