Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Lucros chorudos, maior rentabilidade e menos imparidades: a banca portuguesa, versão 2018

José Caria

Quatro dos maiores bancos a operar em Portugal – a CGD, o BCP, o BPI e o Santander – viram os seus lucros subir nos primeiros seis meses do ano. Somados, os resultados chegaram aos €974 milhões

Para a dinâmica de crescimento contribuiu em muito o decréscimo de imparidades e a melhoria da carteira de crédito dos quatro bancos em causa. Mas não só: o crescimento das comissões bancárias é uma realidade que está latente, com maiores crescimentos no Santander Portugal e BPI (10,8% e 8,8%, respetivamente). Já na CGD e no BCP, o peso das comissões no negócio é menor. Está entre os 3% e os 2,5%, respetivamente.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)