Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Foi educada em casa, tornou-se um fenómeno e não gosta de sorrir: “Faz-me sentir fraca”. Dizem que ela vai ser uma estrela

getty

Billie Eilish é um dos 16 nomes na Sound Off 2018, lista da BBC com uma seleção de artistas emergentes que vão provavelmente dar que falar. Ponto fundamental: ela tem 16 anos. Outro ponto fundamental: ela detesta que lhe falem sempre da idade (“porque é que isso tem de me definir?” )

Apontada como uma das maiores revelações pop dos últimos tempos, Billie Eilish não gosta de sorrir. “Faz-me sentir fraca, sem poder, pequena. Sempre fui assim. Não sorrio para nenhuma fotografia.” A expressão séria é por isso uma imagem de marca da cantora, a par das roupas largas, da voz grave sussurrada, do estilo pouco convencional e das afirmações desarmantes: “Adoro ser julgada. Estou aqui para isso”.

Há na sua atitude um misto de profundidade e rebeldia que chega a ser intimidante, talvez por ambas parecerem tão autênticas. E sim, é preciso falar na idade, porque a maturidade que nela transparece é tanto mais surpreendente se se considerar que tem apenas 16 anos. Billie é uma miúda que gosta de fazer coisas de miúda, como partilhar nas redes sociais um vídeo em que coloca água numa narina para a fazer sair pela outra enquanto a mãe lhe ralha “Billie, não faças isso”; mas é ao mesmo tempo uma compositora que um nicho cada vez mais alargado de admiradores traz debaixo de olho, rendidos à qualidade da sua voz e das suas composições.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)