Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Uma espécie de “Breaking Bad” à portuguesa: o laboratório de drogas sintéticas criado de propósito para um festival de música

Nuno Botelho

Português produzia uma substância semelhante ao LSD para ser vendida no Boom Festival. A sua detenção, dois dias antes do evento, não fez estancar o tráfico dentro e fora do recinto

Hugo Franco

Hugo Franco

Jornalista

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)