Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

Comissão de inquérito da energia vai ouvir 34 atuais e ex-governantes, incluindo Costa

Comissão parlamentar sobre as rendas da energia deverá ser uma das maiores de sempre. Haverá pelo menos duas audições às terças-feiras e uma à quarta-feira

Miguel Prado

Miguel Prado

Jornalista

A comissão parlamentar de inquérito (CPI) sobre as rendas da energia vai ouvir 96 personalidades. E, atendendo aos nomes aprovados esta quinta-feira pelos deputados, será uma CPI altamente politizada: há 29 ex-governantes e cinco membros do atual Executivo que serão chamados à Assembleia da República para prestar contas sobre as decisões que desde 2004 foram tomadas na área da energia, com impacto no preço que os consumidores pagam pela eletricidade.

Da lista fazem parte o atual chefe do Governo, António Costa, e quatro ex-primeiros-ministros: Durão Barroso, Santana Lopes, José Sócrates e Passos Coelho. Os deputados da CPI querem ainda ouvir uma lista extensa de ex-ministros da Economia (Manuel Pinho é um deles) e das Finanças que decidiram ou aprovaram diplomas com impacto no sistema elétrico nacional. E também todos os secretários de Estado da Energia desde 2004 vão ser chamados.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)