Siga-nos

Perfil

Expresso

Diário

EUA reforçam posição de superpotência do ensino superior, Reino Unido perde embalagem

Pelo oitavo ano consecutivo, a Universidade de Harvard ocupa a primeira posição do ranking das instituições de ensino com maior prestígio

Foto Brooks Kraft/Corbis via Getty Images

Entre as 100 universidades mais prestigiadas do mundo, as norte-americanas ocupam 44 posições. Na Europa, o destaque vai para Reino Unido, Alemanha e Holanda, revela o ranking da publicação “Times Higher Education”. Portugal não figura na tabela

Os Estados Unidos continuam a dominar o ranking das universidades mais prestigiadas do mundo e reforçaram mesmo a sua posição no top 100 da lista de 2018, que acaba de ser divulgada pela publicação “Times Higher Education” (THE). Na Europa, as instituições do Reino Unido, ainda em maioria, estão a perder terreno, a Alemanha mantém-se firme e a Holanda assume-se cada vez mais com um país de dimensão média, mas com um sistema de ensino superior de grande projeção. De quatro representantes em 2017 passou para cinco este ano. Portugal não figura na tabela.

A lista da “Times Higher Education” resulta de um inquérito a mais de 10 mil académicos com trabalho reconhecido nas suas áreas científicas e assegurando diversidade geográfica e também disciplinar. Portugal ainda não consegue colocar qualquer instituição neste ranking, mas o desafio, ainda que não seja fácil, “também não é impossível”, considera Arlindo Oliveira, presidente do Instituto Superior Técnico (IST) da Universidade de Lisboa, uma das escolas habituadas a marcar presença nos rankings das melhores faculdades de Engenharia.

Para continuar a ler o artigo, clique AQUI
(acesso gratuito para Assinantes ou basta usar o código que está na capa da revista E do Expresso, pode usar a app do Expresso - iOS e android - para fotografar o código e o acesso será logo concedido)