Siga-nos

Perfil

Expresso

Dossiês

Corpo em câmara ardente em Lanzarote

Os restos mortais do Nobel português da Literatura ficam hoje em câmara ardente na Biblioteca José Saramago, na ilha espanhola de Lanzarote

Os restos mortais de José Saramago ficarão em câmara ardente a partir das 17h00 de hoje, hora de Lisboa, na Biblioteca José Saramago na localidade de Tías, na ilha espanhola Lanzarote, onde residia.

A informação foi confirmada por fonte da família aos muitos jornalistas que estão no exterior da casa de Saramago, nesta localidade, onde se deslocaram já, entre outros, o biógrafo do escritor, José Juan Cruz, e o escritor Fernando Gómez Aguilera, diretor da Fundação César Manrique.

José Juan Cruz, que é alcaide de Tías, anunciou que o município decretou três dias de luto pela morte de Saramago, como mostra de respeito, apreço e reconhecimento.

Desconhecendo onde o escritor será enterrado, se em Portugal se em Lanzarote, o responsável local destacou o excelente relacionamento que Saramago sempre teve com os residentes locais.

"Foi uma referência da nossa ilha no mundo", recordou.

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.