Siga-nos

Perfil

Expresso

Tribuna

'V' de vermelho e de...vitória?

Depois da eliminação do FC Porto da Liga dos Campeões, resta a Portugal que Benfica e Sporting de Braga sigam em frente na Taça UEFA. Tottenham e PSG são os adversários.

O que têm em comum Benfica e Sporting de Braga, além do país de origem? A resposta está na cor: no vermelho que marca a tonalidade do equipamento das duas formações.

Agora, e depois da eliminação do FC Porto da Liga dos Campeões, espera-se que o "V", de vermelho, seja também de vitória. A missão, ainda assim, não é fácil.

Se o Benfica é, à partida, favorito na eliminatória frente ao PSG, o mesmo não acontece com o Braga, frente ao Tottenham. E, como curiosidade, não é só nos clubes portugueses que existem situações comuns. Elas também se verificam nos adversários, já que ambos têm jogadores portugueses nas suas fileiras.

Pauleta é já um histórico do futebol francês, e um histórico com sucesso, além de que é capitão do PSG. No Tottenham está Ricardo Rocha, transferido em Janeiro, mas que não pode jogar nas competições europeias. Rocha que já  representou o Sporting de Braga e o Benfica antes de se transferir para Inglaterra.

Lá como cá

O Benfica jogará a primeira-mão em Paris e, antes do jogo, a principal curiosidade é saber a favor de quem funcionará o factor casa. É que a comunidade emigrante em França promete encher o Parque dos Príncipes e, aquando do sorteio, Pauleta disse de imediato: "Vão jogar os dois jogos em casa", reconhecendo que o recinto dos parisienses deverá ter mais portugueses que franceses.

Quanto à equipa, e com Luisão recuperado, a única alteração em relação ao jogo na Vila das Aves deverá ser a entrada do internacional brasileiro para o eixo da defesa, voltando Katsouranis ao meio-campo e saindo Derlei.

Aliás, é curioso ver que, sempre que o Benfica apresentou de início o losango que se espera que jogue amanhã (Petit, Katsouranis, Karagounis e Simão), venceu sempre. Pede-se, então, que os jogadores encarnados não estraguem a estatística.

Alerta de Rocha

O Sporting de Braga tem, à partida, mais uma missão espinhosa pela frente. E se o Parma é hoje, mais nome que equipa, o Tottenham nem por isso. Ainda assim, os minhotos sonham com o apuramento e não vão querer deixar fugir qualquer oportunidade.

E os bracarenses têm razões para acreditar ou, pelo menos, Jorge Costa tem. É que, nos seis meses em que o agora técnico representou o Charlton, jogou duas vezes contra os Spurs e venceu nas duas (3-1 e 1-0). E, como diz a sabedoria popular: Não há duas sem três.

Do lado inglês, também é válido pensar que à terceira é de vez. E Ricardo Rocha já alertou para os perigos que o Braga terá de enfrentar: a velocidade do jogo e o ambiente criado pelos adeptos.

O ex-central do Benfica aproveitou, também, para dar algumas dicas aos seus novos companheiros sobre o Sporting de Braga, e Dawson, central da equipa londrina, revelou mesmo que "Rocha contou tudo sobre Zé Carlos", numa afirmação que mostra que os britânicos sabem de onde poderá vir o perigo.

Nos restantes jogos, as maiores expectativas recaem sobre o confronto entre Newcastle e AZ Alkmaar, num emparelhamento que se adivinha muito equilibrado. O Sevilha, detentor do troféu, irá defrontar os ucranianos do Shakhtar Donetsk, enquanto o Werder Bremen, de Hugo Almeida e Diego, viaja até Espanha, para defrontar o Celta de Vigo.

 

TAÇA UEFA: OITAVOS-DE-FINAL

. Newcastle (Inglaterra) – AZ Alkmaar (Holanda)

. Maccabi Haifa (Israel) – Espanhol (Espanha)

. Rangers (Escócia) – Osasuna (Espanha)

. SPORTING DE BRAGA (PORTUGAL) – Tottenham (Inglaterra), 21h35 [SPORTTV1]

. Sevilha (Espanha) – Shakhtar Donetsk (Ucrânia)

. Lens (França) – Leverkusen (Alemanha)

. PSG (França) – BENFICA (PORTUGAL), 19h45 [RTP1]

. Celta Vigo (Espanha) – Werder Bremen (Alemanha)