Siga-nos

Perfil

Expresso

Tribuna

Uruguai conquista Copa América (vídeo)

Jogadores uruguaios festejaram a vitória

Fernando Llano/AP

Uruguai conquistou o 15.º título da Copa América da sua história, após bater o Paraguai na final, por 3-0.

O Uruguai conquistou hoje o 15.º título da Copa América de futebol da sua história, após bater o Paraguai na final, por 3-0, tornando a seleção com mais títulos na competição.

Em Buenos Aires, Diego Forlan, com dois golos, foi a grande figura dos uruguaios, enquanto Luís Suarez marcou o outro golo da equipa celeste. O avançado do Liverpool abriu o marcador, aos 12 minutos, e Forlan "carimbou"o triunfo do Uruguai, aos 42 e 90 minutos.

A seleção celeste apresentou no "onze" Maxi Pereira, do Benfica, e Álvaro Pereira, do FC Porto.

O Uruguai já não vencia a Copa América desde 1995. 

Maxi Pereira e Álvaro Pereira titulares

Com Maxi Pereira (Benfica) e Álvaro Pereira (FC Porto) na equipa inicial, o Uruguai foi claramente superior ao Paraguai e podia ter mesmo chegado ao intervalo com uma goleada. 

A seleção treinada por Óscar Tabarez entrou com "tudo", enquanto o Paraguai, que chegou à final sem vencer qualquer jogo, voltou a apostar numa postura ultra-defensiva. Sem surpresa, Suarez abriu o marcador, após um belo trabalho individual. 

Forlan bisou

Num jogo com entradas bem agressivas das duas equipas, o "vendaval" ofensivo dos uruguaios manteve-se e Forlan reforçou a liderança da seleção celeste, aos 42 minutos, num lance com muitas culpas para a defesa paraguaia.

Na segunda parte, o Uruguai entregou o controlo da partida ao Paraguai, que ainda atirou uma bola à barra, por Valdez, naquele que foi o único lance de verdadeiro perigo na baliza celeste. 

Com o Paraguai completamente lançado no ataque, Forlan sentenciou a partida, já nos descontos, ao concluir com classe um belo lance de contra-ataque, que teve início em Luís Suarez. 

Antes da entrega do troféu, o central Sebastien Coates, que de acordo com a imprensa desportiva é um dos alvos do Benfica, foi considerado o jogador revelação da Copa América, enquanto o guardião do Paraguai Justo Villar recebeu o prémio de melhor guarda-redes. 

O peruano Paolo Guerrero venceu o troféu de melhor marcador, com cinco golos, mais um que Luís Suarez.  

Veja o vídeo: