Siga-nos

Perfil

Expresso

Tribuna

TAS obriga Adriaanse a pagar cerca de um milhão de euros ao FC Porto

O treinador holandês foi obrigado pelo TAS a pagar cerca de um milhão de euros de indemnização ao FC Porto, por ter saído do clube poucos dias antes do início da época de futebol de 2006/2007.

O treinador holandês Co Adriaanse foi obrigado pelo TAS a pagar cerca de um milhão de euros de indemnização ao FC Porto, por ter saído do clube poucos dias antes do início da época de futebol de 2006/07.

O Tribunal Arbitral do Desporto (TAS) considerou hoje que Co Adriaanse quebrou o contrato que tinha com o clube português, o mesmo sucedendo com o seu adjunto, Jan Ole Riederink.

Adriaanse e Riederink lideraram o clube em vitórias na Liga e Taça na época anterior, mas em Agosto de 2006 optaram por sair, causando, no entender do TAS, danos na preparação da época seguinte.

O antigo treinador do Ajax terá de pagar ao FC Porto 995.238 euros de indemnização e Riederink 74.821 euros.

O FC Porto começou por levar o caso à FIFA mas então ambas as partes rejeitaram a proposta de acordo e optaram por avançar para o TAS.

Adriaanse é agora o treinador do Red Bull Salzburgo, vice-campeão e actual líder da Liga Austríaca.