Siga-nos

Perfil

Expresso

Tribuna

Só Helstad supera Ronaldo

Extremo do Manchester United leva 16 golos, o que equivale a 32 pontos, apenas menos um do que o norueguês do Brann.

Ricardo Capela

Cristiano Ronaldo é segundo na tabela da corrida à Bota de Ouro, prémio atribuído ao melhor marcador dos campeonatos europeus pela European Sport Magazines.

Ronaldo conta 16 golos - depois do hat-trick deste fim-de-semana - na Premier League, o que equivale a somar 32 pontos, já que a liga inglesa tem o coeficiente máximo (dois). Esta marca permite ao extremo do Manchester United colocar-se no segundo lugar, apenas atrás de Helstad, norueguês do Brann, que já marcou por 22 vezes, somando 33 pontos (o coeficiente na Noruega é apenas de 1,5).

Lisandro Lopez, avançado do FC Porto e melhor marcador da Bwin Liga, surge no 13º lugar da tabela, com 19,5 pontos, fruto dos 13 golos que já leva esta temporada.

A classificação da Bota de Ouro é atribuída segundo os coeficientes da UEFA para os respectivos países. Os oito primeiros recebem dois pontos, do 9º ao 21º recebe-se 1,5 pontos e daí para baixo não há bonificação pontual. Cada jogador português multiplica os seus golos por 1,5 pontos, enquanto que os goleadores que actuam em Inglaterra, Espanha, Alemanha, Turquia, Itália, Rússia, Escócia e Grécia conseguem transformar os golos no dobro de pontos.

1.Helstad (Brann/Noruega), 22 golos (33 pontos)

2.Cristiano Ronaldo (Manchester United), 16 (32)

3.Rhys Griffiths (Llanelli/País de Gales), 29 (29)

4.McDonald (Celtic/Escócia), 14 (28)

5.Adamov (FC Moscovo/Rússia) e Pavlyuchenko (Spartak), 14 (28)

6.Huntelaar (Ajax/Holanda), 18 (27)

7.Kovacevic (Olympiakos/Grécia), 13 (26)

8.David Trezeguet (Juventus), 13 (26)

9.Luís Fabiano (Sevilha/Espanha), 12 (24)

10.Berg (Gotemburgo/Suécia), 15 (22,5)

11.Lovrec (Croácia Zagreb/Croácia), 14 (21)

12.Hakan Yakin (Young Boys/Suíça), 13 (19,5)

13.Lisandro López (F.C. Porto/Portugal), 13 (19,5)

14.Graulund (Aarhus/Dinamarca), 13 (19,5)

15.Benzema (Lyon/França), 12 (18)

16.Luca Toni e Miroslav Klose (Bayern), e Diego (Werder Bremen/Alemanha), 9 (18)

17.Gladkiy (Shakhtar/Ucrânia), 12 (18)

18.Zickler (Salzburgo) e Haas (Sturm Graz/Áustria), 11 (16,5)

19.Davchev (Lokomotiv Sófia/Bulgária), 10 (15)

20.Karadeniz (Trabzonspor/Turquia), 10 (15)

21.Bissa (Roselaar/Bélgica), 10 (15)

22.Toleski (Most/Rep. Checa), 8 (12)