Siga-nos

Perfil

Expresso

Tribuna

Selecção leva primeiro banho de multidão

Carlos Queiroz fechou as portas do treino mas no final os cem adeptos que não largaram as grades tiveram a recompensa: autógrafos e apertos de mão dos sete jogadores que estão em estágio. Clique para aceder ao dossiê Mundial-2010

Rui Gustavo, a acompanhar a selecção na Covilhã (www.expresso.pt)

No velho estádio do Covilhã, no meio da serra da Estrela, estão famílias inteiras para ver de perto os jogadores da selecção. o seleccionador estraga-lhes os planos e decide fazer um treino à porta fechada, mesmo que só conte com sete jogadores e o treino se limite a uns exercícios e uma peladinha.

Ao fim de uma hora e antes de entrarem nos autocarros, os jogadores aproximam-se para distribuir autógrafos nas camisolas e nos bonés oferecidos por um colaborador da federação. Até Queiroz, quando saiu, foi chamado.

Fábio Coentrão, um dos mais requisitados, disse que o objectivo da selecção é "ganhar o mundial".