Siga-nos

Perfil

Expresso

Tribuna

Scolari não surpreende

O seleccionador nacional voltou a esquecer históricos. Petit regressa aos eleitos, tal como Hugo Viana, ausente desde o Mundial.

Luiz Felipe Scolari divulgou a lista de 20 nomes para o amigável frente ao Brasil, em Londres, no próximo dia 6. O jogo, que se vai realizar no Emirates Stadium, recinto do Arsenal, é de preparação, mas há muito que todos os bilhetes já estão vendidos.

O seleccionador voltou a deixar de fora históricos dos últimos anos, como Maniche, Costinha e Nuno Valente. Petit e Hugo Viana estão de regresso, tal como Fernando Meira.

Na conferência de imprensa em que divulgou os eleitos, Scolari admitiu que continua à procura de laterais-esquerdos, para suceder a Nuno Valente. O jogador do Everton voltou a não ser opção, e o "sargentão" reconheceu as limitações da posição no futebol português. Para o amigável com o Brasil, Marco Caneira e Paulo Ferreira voltam a ser as opções para o sector.

"O Paulo [Ferreira] esteve muito bem no último jogo, o Caneira também esteve bem quando jogou aí. Estamos a trabalhar com os sub-21, e todas as equipas até aos sub-18 para tentar encontrar alguém com possibilidades de ser chamado, algum jogador efectivamente oriundo da esquerda. Mas em Portugal é difícil, esse é um trabalho que tem de ser feito na formação. Quando tivermos essa possibilidade vamos dar oportunidade, por enquanto é difícil", reconheceu Scolari.

Também as situações de Costinha e Maniche, ausentes desde a derrota na Polónia, foram abordadas pelo seleccionador, ainda que de forma indirecta. Sem nunca mencionar nomes nem confirmar a questão, o técnico não desmentiu as notícias de uma suposta saída nocturna antes do jogo de Chorzow.

Scolari foi claro: "Quando eu dou liberdade aos jogadores não tenho que me preocupar com o que fazem nas folgas. Mas quando alguém é uma figura pública tem de ter cuidados com o que faz. Como técnico, tenho de estar atento à reacção dos jogadores, não só àquilo que fazem no trabalho, mas a todo o seu comportamento, dentro e fora de campo."

Outra questão abordada pelo seleccionador Scolari foi a expulsão de Quaresma em Leiria. O extremo do FC Porto voltou a ser chamado, vendo premiada a excelente temporada que está a realizar. O treinador brasileiro desvalorizou a questão, afirmando que "se ele cometeu um erro, foi na sua equipa". Scolari acrescentou, no final, que pode "dar apoio e mostrar caminhos" a Quaresma, como faz com os restantes jogadores, "mas apenas se a situação se proporcionar no trabalho da Selecção".

 

LISTA DE CONVOCADOS

. Guarda-redes: Quim (Benfica) e Ricardo (Sporting)

. Defesas: Miguel (Valência), Paulo Ferreira e Ricardo Carvalho (Chelsea), Jorge Andrade (Deportivo), Manuel da Costa (PSV Eindhoven), Caneira (Sporting) e Fernando Meira (Estugarda)

. Médios: Raul Meireles (FC Porto), Tiago (Lyon), Deco (Barcelona), João Moutinho (Sporting), Hugo Viana (Valência) e Petit (Benfica)

. Avançados: Cristiano Ronaldo (Manchester United), Simão e Nuno Gomes (Benfica) e Ricardo Quaresma e Hélder Postiga (FC Porto)

CONVOCADOS DO BRASIL

. Guarda-redes: Helton (FC Porto) e Júlio César (Inter Milão)

. Defesas: Maicon (Inter Milão), Daniel Alves e Adriano (Sevilha), Gilberto (Hertha Berlim), Luisão (Benfica), Lúcio (Bayern Munique), Juan (Leverkusen), Alex (PSV) e Edmilson (Barcelona)

. Médios: Tinga (Dortmund), Gilberto Silva (Arsenal), Dudu Cearense (CSKA Moscovo), Diego (Werder Bremen), Elano (Shakthior Donetsk) e Kaká (Milan)

. Avançados: Robinho (Real Madrid), Ronaldinho (Barcelona), Adriano (Inter Milão), Fred (Lyon) e Rafael Sobis (Bétis)