Siga-nos

Perfil

Expresso

Tribuna

Raul Meireles em dúvida para o Azerbaijão

Raul Meireles "fez parte do treino mas não realizou o final", revelou Paulo Bento. Selecionador garante que o médio do Fenerbahçe só jogará amanhã se não tiver limitações físicas. 

Raul Meireles continua em dúvida para o jogo de terça-feira de Portugal contra o Azerbeijão, em Baku, com o selecionador nacional de futebol Paulo Bento a afirmar que só jogará "se estiver a cem por cento". 

Paulo Bento, na conferência de imprensa de antevisão deste jogo da fase de qualificação para o Mundial-2014, revelou hoje que, no último apronto, o jogador do Fenerbahçe "fez parte do treino, mas não realizou o final", e que contará com ele para jogar se não tiver limitações físicas. 

Relativamente à substituição forçada de Cristiano Ronaldo, que está castigado, e outras mudanças face ao "onze" que jogou em Israel, Paulo Bento preferiu não adiantar pormenores: "Decidiremos amanhã. Temos as nossas ideias alinhavadas. Não vamos fazer seguramente muitas alterações - há uma forçada e poderá haver mais uma ou outra". 

O selecionador elogiou mais uma vez a presença de Cristiano Ronaldo no estágio da equipa, mesmo sabendo que não pode jogar. "O grupo está naturalmente satisfeito, (Cristiano) está de uma forma genuína, a iniciativa foi dele". 

"Pensamos no jogo de amanhã, apenas estamos focados nesse jogo e não a pensar já nos de junho. Sabemos que a margem de erro que existe é reduzida, em função da fase de qualificação até aqui", disse ainda. 

Para Paulo Bento, "há ambição da equipa, que quer estar no Mundial", mas sublinhou: "Há que conviver com a realidade que temos neste momento e temos de demonstrar a nossa qualidade de jogo enquanto equipa, para levar os três pontos". 

O selecionador insistiu ainda que Portugal tem "alguma dificuldade" em gerir "situações que dão algum conforto", como a vantagem no jogo com Israel. "Isso faz parte da nossa mentalidade", considerou. 

Em todos os jogos, Portugal "construiu ocasiões suficientes para ganhar o jogo", mas tal não sucedeu e a equipa tem sofridos demasiados golos, que Paulo Bento não quer considerar como sendo apenas responsabilidade do sector defensivo.   

"O processo defensivo depende de todos os sectores e o processo ofensivo também. Os 10 golos que sofremos não são da responsabilidade de um sector, mas de toda a equipa e do treinador", disse o selecionador. 

O encontro entre Azerbaijão e Portugal, do Grupo F europeu de apuramento para o Mundial de 2014, realiza-se na terça-feira, com início às 21h locais (17h em Lisboa), no Estádio Republic, em Baku.