Siga-nos

Perfil

Expresso

Tribuna

Quatro portugueses na 2.ª ronda do Estoril Open (vídeo)

O Estoril Open registou ontem um dia histórico para Portugal com as vitórias de Frederico Gil, Rui Machado e Michelle Brito, elevando para 4 os lusos apurados para a 2.ª ronda. (Veja vídeos no final do texto)

O Estoril Open em ténis registou ontem um dia histórico para Portugal com as vitórias de Frederico Gil, Rui Machado e Michelle Brito, elevando para quatro os lusos apurados para a segunda ronda.

Nunca o torneio nacional tinha visto tantos portugueses na segunda ronda dos respetivos quadros principais de singulares (masculinos e femininos), uma vez que Leonardo Tavares também garantiu a qualificação na segunda feira.

Frederico Gil registou o triunfo mais suado, ao eliminar o sexto favorito, o alemão Florian Mayer, pelos parciais de 6-2, 6-7 (5-7) e 6-3, em duas horas e 16 minutos, depois de ter estado a perder por 3-0 na derradeira partida.  

Na próxima ronda, Gil, número 120 do "ranking" mundial, medirá forças com o colombiano Santiago Giraldo (83.º ATP), que beneficiou do abandono do belga Steve Darcis, depois de vencer o primeiro "set", por 6-2. 

"Foi uma vitória muito dura. Acho que taticamente entrei muito bem, tive alguns problemas físicos, mas consegui aguentar e fazer um jogo com intensidade e concentração", comentou Gil. 

Frederico Gil, que voltou a ser orientado por João Cunha e Silva, disse sentir-se "mais maduro" e admitiu a hipótese de voltar a atingir os quartos de final, tal como em 2008, quando foi eliminado pelo suíço Roger Federer.

Rui Machado venceu Nicolas Massau

Machado, o melhor português no ranking ATP (113.º), garantiu a passagem à segunda ronda ao vencer o chileno Nicolas Massu, por 6-2 e 6-4, e vai agora defrontar o croata Ivan Ljubicic, atual 14. da hierarquia mundial e segundo cabeça de série da prova. 

"Hoje consegui jogar a um bom nível e isso fez a diferença. Também me dá confiança para a próxima ronda, O segundo 'set' foi difícil, tive alguma pressão em terminar o encontro e o forte vento dificultou bastante", disse Rui Machado. 

Pela segunda vez na sua carreira, o tenista português ultrapassou a primeira ronda do Estoril Open. 

Michelle Brito pela primeira vez na 2.ª ronda

Michelle Brito, de 17 anos, 116.º do ranking mundial, também conseguiu uma inédita passagem à segunda ronda, ao derrotar a francesa Alize Cornet, pelos parciais de 6-3, 4-6 e 6-3. 

"Tenho algumas dores, esforcei-me muito, foi difícil, mas estou bem e feliz por ter ganho", afirmou a portuguesa, em conferência de imprensa, visivelmente satisfeita com o triunfo alcançado. 

Brito vai defrontar a romena Sorana Cirstea, segunda favorita (36. WTA), que afastou a sua compatriota Ioana Raluca Olaru, por 6-3, 3-6 e 6-1.

O dia fechou com outro êxito luso, neste caso na variante de pares, em que Pedro Sousa e Leonardo Tavares bateram dupla hispano-russa Oscar Hernandez/Igor Kunitsyn, por 6-2 e 6-3.

Magali e Koehler derrotadas 

Apenas as derrotas de Magali de Lattre e Maria João Koehler tiraram algum brilho à jornada lusa. De Lattre perdeu com a espanhola Medina Garrigues, quarta cabeça de série, por duplo 6-0, enquanto Koehler tombou em três "sets" frente à holandesa Arantxa Rus, por 6-3, 3-6 e 7-5. 

O dia histórico de Portugal mereceu, aliás, um curioso comentário de Rui Machado: "É espetacular. Estávamos habituados a ver nos torneios o grupo dos espanhóis, dos argentinos e agora nós portugueses também temos um grupo. Não é por acaso. É fruto de um trabalho de longos anos". 

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo acordo ortográfico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.

Veja a conferência de imprensa de Michelle Brito: