Siga-nos

Perfil

Expresso

Tribuna

"Não tenho dúvida nenhuma que iremos ter êxito"

Técnico foi apresentado em Braga e mostrou motivação para conquistar um lugar europeu. Mas, antes, quer perceber as razões que levaram a equipa a um modesto oitavo lugar.

Ricardo Capela

Jorge Jesus foi hoje apresentado como treinador do Sporting de Braga. O ex-treinador do Belenenses era há muito apontado como futuro técnico 'arsenalista'.

Aos 53 anos, Jorge Jesus conhece em Braga o nono clube na sua carreira, depois de ter orientado, por esta ordem, Amora, Felgueiras, Estrela da Amadora, Vitória de Setúbal, Vitória de Guimarães, Moreirense, União de Leiria e Belenenses.

Foi nos 'azuis' do Restelo que, nos últimos dois anos, conseguiu os maiores feitos da sua carreira. Na primeira temporada conseguiu qualificar o clube para a Taça UEFA e assegurou a presença na final da Taça de Portugal e, na época agora finda, falhou por pouco novo acesso às provas europeias, algo que teria conseguido se a Liga e a Federação não tivessem retirado ao Belenenses seis pontos, consequência do 'caso Meyong'.

Na apresentação no Sporting de Braga, Jesus mostrou a ambição que lhe é reconhecida. "Braga está a crescer como clube, cidade e região, e nós queremos fazer uma aproximação directa aos adeptos. Estamos confiantes e decididos nas nossas responsabilidades e não temos dúvida nenhuma que iremos ter êxito", disse, com ar confiante.

A 'missão' passa por "disputar todos os jogos com sentido de vitória", para poder lutar por um lugar europeu. Mas, ainda assim, Jesus deixou um alerta: "Qualquer treinador que chegue ao Sporting de Braga e diga que quer lutar pela Europa, é um dado adquirido. Mas uma coisa é querer, outra coisa é fazer."

A terminar, Jorge Jesus traçou o primeiro grande objectivo, que passa por "tentar perceber porque é que o Braga ficou em oitavo".