Siga-nos

Perfil

Expresso

Tribuna

Mourinho pode estar em Inglaterra

Possíveis contactos entre a FA e o "special one" são o destaque de toda a imprensa inglesa de hoje. Fala-se em qualquer coisa como nove milhões de euros anuais.

Ricardo Capela

A possibilidade da existência de contactos entre a Federação inglesa de futebol (FA) e José Mourinho merecem destaque em toda a imprensa britânica do dia. A informação em circulação aponta para que Mourinho esteja já em Inglaterra - ou a caminho - para prosseguir as negociações. Numa primeira instância, as diligências efectuadas terão acontecido com Jorge Mendes, o agente FIFA de Mourinho.

Desde a saída de Steve Mclaren, após o escândalo da eliminação do Euro-2008, que o nome de Mourinho surgiu como o mais apetecível, inclusivamente liderando todas as bolsas das casas de apostas britânicas. Outros nomes circularam, como Capello ou mesmo Scolari, mas agora, ao que tudo indica, é Mourinho quem se tornou o alvo prioritário de Brian Barwick, director-executivo da FA e homem responsável pela escolha do novo seleccionador.

Mourinho, que saiu do Chelsea há cerca de três meses, passou algum tempo numa espécie de silêncio auto-imposto. A preferência do "special one" seria trabalhar num grande clube europeu, mas a hipótese de orientar a selecção dos "três leões" será, naturalmente, um desafio aliciante para o técnico setubalense. Até pelas verbas envolvidas. Fala-se, em Inglaterra, em qualquer coisa como nove milhões de euros anuais, num contrato com a duração de dois ou quatro anos. Um valor consideravelmente superior ao que Mourinho auferia no Chelsea (cerca de sete milhões e meio de euros por ano).

À espera de mais desenvolvimentos sobre o assunto ficarão os outros candidatos ao cargo. Há dias, Brian Barwick esteve em Itália reunido com Fábio Capello, numa espécie de entrevista e, em Inglaterra, aquele que era o preferido para o cargo, Martin O'Neill, rejeitou o convite que lhe terá sido feito pela FA. "Acho que o José seria uma escolha excelente, é tão simples como isso", afirmou em declarações ao The Times o técnico irlandês, que se cruzou pela primeira vez com Mourinho na final da Taça UEFA de 2003, então ao comando do Celtic.

É previsto que Mourinho receba hoje de Brian Barwick a proposta oficial para o cargo de seleccionador inglês. É que a FA, que assumiu a necessidade de não falhar na escolha do sucessor de Steve Mclaren, disse também que anunciaria o nome do próximo técnico durante esta semana. E hoje é já sexta-feira.