Siga-nos

Perfil

Expresso

Tribuna

Maniche estreou-se como titular

Português saiu aos 55 minutos e o Inter sofreu para derrotar o Parma, de Fernando Couto (3-2).

Ricardo Capela

Chegar, ver e jogar. Foi mais ou menos assim a semana de Maniche no Inter de Milão. O médio foi apresentado na quarta-feira e ontem foi titular, no jogo frente ao Parma, a contar para a 19ª jornada da Serie A.

Maniche jogou ao lado de Cambiasso no meio-campo "nerazurro", e mostrou algumas das qualidades que lhe são reconhecidas. Excelente no passe a média e longa distância, Maniche tentou ainda a sua sorte em remates de longe, sem sucesso. Notou-se, no entanto, ainda alguma falta de entendimento com os novos colegas, o que é natural, dado o pouco tempo que leva no clube.

Foi substituído aos 55 minutos pelo brasileiro César, mas deixou certezas de ser um reforço de peso para ajudar o Inter a revalidar o "scudetto".

Inter vence com "mãozinha" de Couto

O jogo, em si, foi electrizante. O Inter adiantou-se no marcador aos 30 minutos, através de Cambiasso, mas dez minutos depois Cigarini empatou para o Parma, que chegaria à vantagem aos 68 minutos, com um golo de Gasbarroni.

E quando parecia que o Inter não ia conseguir levar qualquer ponto do jogo, o árbitro assinalou uma grande penalidade discutível, por uma alegada mão de Fernando Couto. O veterano português foi expulso e Ibrahimovic devolveu o empate ao marcador. Estavam decorridos 88 minutos, e o empate parecia ter caído do céu para a equipa de Mancini. Mas o verdadeiro milagre aconteceu aos 92 minutos, quando "Ibra" voltou a marcar, dando os três pontos à equipa milanesa, que assim mantém a invencibilidade na Serie A, e a vantagem de sete pontos sobre a Roma, segunda classificada.