Siga-nos

Perfil

Expresso

Tribuna

Luz de esperança

Depois da derrota em Paris, o Benfica quer resolver a eliminatória no "inferno da Luz". Rui Costa, Luisão e Quim são baixas confirmadas.

24 horas depois do Sporting de Braga decidir o seu destino na Taça UEFA, será a vez do Benfica entrar em acção.

Ao contrário do que sucede com os bracarenses, no caso do Benfica, a derrota da primeira-mão, em Paris (2-1), não deve ser vista como um resultado negativo. Primeiro, porque um golo fora é sempre importante em competições a eliminar e depois, porque esta temporada só o Manchester United conseguiu vencer na casa benfiquista.

"O inferno da Luz" tem ganho, assim, nova dimensão e, esta quinta-feira, espera-se que a alcunha do estádio seja uma realidade. O Benfica precisa de vencer para seguir rumo aos quartos-de-final da Taça UEFA, uma competição em que os encarnados têm legítimas aspirações.

O regresso do bem-amado

Para a recepção ao PSG, Fernando Santos tem algumas baixas de peso. Se Rui Costa e Nuno Assis são ausências "normais", Luisão e Quim têm sido pilares importantes para o sucesso da equipa e, fruto de lesão, não poderão dar o seu contributo.

Na baliza, Quim deverá ser substituído por Moreira, um bem-amado dos adeptos que tem vivido na sombra do número dois da baliza da selecção nacional. Ainda assim, e dada a rotatividade que Fernando Santos tem imposto no guarda-redes suplente, a utilização de Moretto não surpreenderia.

Quanto a Luisão, será substituído por David Luiz, como aconteceu em Paris e, já este fim-de-semana, na Luz frente à União Leiria.

No resto, a dúvida gira em torno da utilização de Nuno Gomes. É que, nos últimos jogos europeus, Fernando Santos tem deixado o "21" no banco, optando por Derlei.

Para ganhar

Do outro lado da barricada, surge um PSG em crise na liga francesa (ocupa o 19.º e penúltimo lugar) mas que na Europa tem dado bem conta do recado.

A equipa de Pauleta tem, aliás, na Ligue 1, a sua maior prioridade, já que a luta pela manutenção adivinha-se complicada e desgastante. Ainda assim, o ex-internacional português, e capitão dos parisienses, assumiu, à chegada da equipa a Lisboa, o desejo de "vencer o jogo e passar a eliminatória".

Nos restantes jogos desta quinta-feira, destaque para a deslocação do Sevilha à Ucrânia, para defrontar o Shakthar Donetsk. Os andaluzes, detentores do troféu, cederam um empate a dois em casa e, agora, estão obrigados a ganhar para poderem continuar a sonhar com a revalidação do título.

Na Holanda, o AZ Alkmaar recebe o Newcastle, num dos jogos mais aguardados do dia. Em Inglaterra, recorde-se, a equipa orientada por Louis van Gaal perdeu por 4-2, num jogo em que o avançado nigeriano Obafemi Martins brilhou, com dois golos e uma exibição de encher o olho.

Espanhol de Barcelona e Maccabi Haifa serão protagonista do outro jogo do dia, a realizar na Catalunha, e com favoritismo para a equipa da casa, que conseguiu, em Israel, um precioso empate (0-0).

TAÇA UEFA: OITAVOS-DE-FINAL

. BENFICA (PORTUGAL) – PSG (França) (1-2)*, 21h [RTP1]

. Espanhol (Espanha) – Maccabi Haifa (Israel) (0-0)*

. AZ Alkmaar (Holanda) – Newcastle (Inglaterra) (2-4)*

. Shakthar Donetsk (Ucrânia) – Sevilha (Espanha), (2-2)*

* entre parênteses o resultado da primeira-mão