Siga-nos

Perfil

Expresso

Tribuna

Jamor a três jogos de distância

Candidatos ainda na corrida são "apenas" 15. O Sp. Braga, isento, já está nos quartos-de-final e aguarda para saber quem se junta nos últimos oito.

A corrida ao Jamor é sempre muito apetecível. É que a Taça de Portugal não é apenas a segunda competição mais importante do futebol português. É também a hipótese de os clubes pequenos brilharem num mundo que não é seu e mostrarem talento.

Como todos os anos, a taça é uma festa. E, como todas as festas, tem os seus "convidados-surpresa". Esta época, o Atlético e o Maia têm sido os tomba-gigantes de serviço, mas Pinhalnovense e Odivelas também têm tido oportunidade de brilhar.

Dos clubes de primeira, o FC Porto, detentor do título, já ficou para trás, eliminado pelo Alético, enquanto Benfica e Sporting têm ultrapassado os obstáculos com relativa facilidade. Amanhã, os encarnados têm uma deslocação ao terreno do Varzim, apostado em fazer uma surpresa à equipa de Fernando Santos.

Mais a sul, o Sporting visita o Pinhalnovense, que também procura fazer taça. E, sabemos todos, que esta competição é pródiga em resultados inesperados.

Estreia de David Luiz

O Benfica viaja até à Póvoa de Varzim, e Fernando Santos não deve facilitar. O engenheiro viu Karagounis juntar-se a Miccoli nos indisponíveis. Petit, que estava em dúvida, foi convocado, numa lista onde se destaca o nome do brasileiro David Luiz, chamado pela primeira vez.

No plantel do Benfica, existe um jogador para quem este encontro será certamente especial: Miguelito. O defesa-esquerdo nasceu na Póvoa de Varzim, começou a jogar futebol no clube da terra, que o dispensou por "falta de cabedal".

Hoje, muitos anos depois, e mesmo com a passagem pelo rival Rio Ave, Miguelito é muito querido nas suas origens, e a sua carreira é seguida de perto por todos os que o viram crescer.

O encontro da Póvoa realiza-se às 20.30, e terá transmissão televisiva na RPT1.

Tello "K.O."

No Sporting, Paulo Bento não poderá contar com o chileno Rodrigo Tello para o encontro de amanhã (14h30) frente ao Pinhalnovense. O lateral-esquerdo não recuperou da lesão sofrida frente ao Nacional, e abre assim caminho ao brasileiro Ronny que, desta forma, deve recuperar a titularidade.

Entre os convocados, Abel e Farnerud são as ausências mais notadas, com Miguel Garcia, Ronny e Alecsandro a regressarem. Carlos Paredes continua lesionado e, por isso, indisponível.

No Pinhalnovense, Andrade, "trinco" que começou no Sporting e já passou pelo Benfica e pela Académica, é o jogador mais conhecido. Para o médio, regressado de uma experiência no Chipre, será certamente diferente estrear-se frente ao clube que o viu nascer para o futebol.

O jogo entre Pinhalnovense e Sporting marca também o regresso dos espectáculos ao histórico Estádio Alfredo da Silva, antiga casa da CUF, e que outrora recebia semanalmente grandes jogos.

Atlético tenta os "quartos"

Nos restantes jogos, o maior destaque vai para o Estádio do Bessa, onde se realiza o único encontro entre equipas da Liga. Boavista e Nacional procuram um lugar entre os últimos oito em prova, num jogo que marca o regresso de Carlos Brito ao estádio da equipa que orientou na última temporada.

Na Tapadinha realiza-se, entretanto, um encontro com história. O Atlético, grande sensação da prova, recebe a Académica, e vai tentar continuar a ser herói da Taça. O clube lisboeta procura atingir os "quartos", depois de eliminar FC Porto e Santa Clara.

Em Odivelas, a equipa da casa recebe o Belenenses, num pequeno "derby" da capital.

 

TAÇA DE PORTUGAL

. Atlético (II) - Académica (L)

. Odivelas (II) - Belenenses (L)

. Boavista (L) - Nacional (L)

. Pinhalnovense (II) - Sporting (L)

. Maia (II) - Beira-Mar (L)

. Varzim (LH) - Benfica (L)

. Naval (L) - Bragança (II)

. ISENTO: Sporting de Braga