Siga-nos

Perfil

Expresso

Tribuna

Imprensa europeia rendida ao "galático" Mourinho

José Mourinho levou o Inter de Milão à conquista da Liga dos Campeões 45 anos depois, e a imprensa italiana, espanhola e francesa é generosa nos elogios ao "galático".

José Mourinho levou o Inter de Milão à conquista da Liga dos Campeões de futebol, 45 anos depois, e a imprensa italiana, espanhola e francesa é generosa nos elogios ao "Special One".

Em Itália, a foto em destaque na entrada do sítio eletrónico do principal jornal desportivo, a Gazetta dello Sport, mostra Mourinho agarrado à taça de campeão europeu conquistada no sábado em Madrid, a sua segunda, depois do sucesso com o FC Porto em 2004.

"Mou, Mourinho, é fantástico. Nós, interistas, estamos-lhe gratos", afirmou o presidente do clube milanês Massimo Moratti, citado pela Gazetta dello Sport.

O histórico capitão do Inter, Javier Zanetti, com 700 jogos disputados pela equipa de Milão, também entra no coro de elogios ao treinador português: "Obrigado Mourinho. O Inter saberá agora vencer".

"Fez mais pelo Inter em 2 anos do que os seus antecessores em 44 anos"

Já o herói da final, Diego Milito, disse estar "eternamente grato" a Mourinho, pelo apoio que recebeu do 'mister' português.

"A noite é do Inter e de Mourinho", realçou a Gazetta dello Sport. "Será arrogante, pensará apenas no resultado, mas fez mais pelo Inter em dois anos do que todos os seus antecessores em 44 anos. Se há um treinador galático, no futebol, é ele".

O também italiano Corriere dello Sport faz manchete com "Inter: Campeão da Europa. Mourinho: O trabalho está terminado".

Recordando que Mourinho se impôs ao seu "ex-mestre Van Gaal", a publicação desportiva diz que o sucesso alcançado é, "obviamente, primeiro de Mourinho e do presidente Moratti, que construiu com o português uma equipa irresistível".

Lágrimas de Mourinho

O Tuttosport mostra uma foto de Mourinho emocionado, a ser abraçado pelo guarda-redes suplente Toldo, com a legenda "as lágrimas de Mourinho", e cita uma frase com sabor a despedida do treinador português: "Vou ser o primeiro treinador a vencer a Liga dos Campeões com três clubes diferentes".

Os jornais generalistas italianos Corriere della Sera e La Repubblica também destacam a vitória interista. "Mourinho: Lágrimas e adeus", lê-se nas manchetes de ambas as publicações.

Já diário desportivo o francês L'Équipe salienta a 'tripleta' (campeonato, Taça e Liga dos Campeões) conquistada esta época pelo clube italiano, sublinhando que "a vitória do Inter de Milão, sábado, frente ao Bayern de Munique (2-0), é sobretudo de dois homens: José Mourinho e Diego Milito".

"Deixo o Inter, vou para Madrid"

No desportivo espanhol Marca, a manchete é dedicada ao sucesso de Mourinho: "O técnico reconhece que abandona o clube italiano depois de se proclamar campeão da Europa". "Deixo o Inter, vou para Madrid", avança o mesmo jornal, de Madrid, citando declarações de Mourinho no final do encontro.

"Mourinho toma Madrid" destaca, por seu turno, a edição 'online' do jornal madrileno As.

O catalão Sport diz que "Mourinho dá por certa a sua ida para o Real Madrid", frisando que o treinador português assumiu à Sky Italia a necessidade de "novos desafios", tendo admitido que está "farto do 'calcio'".

Em Inglaterra, onde brilhou no comando do Chelsea, Mourinho também não é esquecido e faz a manchete no Guardian, que aproveita para fazer um trocadilho alusivo à provável mudança de ares do técnico luso: "A 'tripleta' de José - agora vem a real história".

*** Este texto foi escrito ao abrigo do novo Acordo Ortográfico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.