Siga-nos

Perfil

Expresso

Tribuna

Futsal: Sporting vence Benfica

Sporting venceu hoje o Benfica no desempate através de penáltis, no terceiro jogo da final dos "play-offs" do campeonato de futsal, e colocou-se a apenas uma vitória do título.

O Sporting venceu hoje o Benfica por 5-3, no desempate através de grandes penalidades, depois de 4-4 após prolongamento, no terceiro jogo da final dos "play-offs" do campeonato nacional de futsal, e colocou-se em vantagem na decisão, ficando a apenas uma vitória do título.

Após o empate 3-3 registado no final do tempo regulamentar, as duas equipas foram para prolongamento, em que voltaram a igualar o resultado (4-4), tendo o jogo ficado decidido nas grandes penalidades, em que apenas o benfiquista Arnaldo falhou. 

Os dois rivais lisboetas entravam no terceiro encontro com um empate 1-1 no conjunto dos dois jogos disputados, com os "leões" a vencerem o primeiro por 4-3, tendo as "águias" respondido, com o mesmo resultado, na segunda partida. 

A formação de Alvalade entrou a "todo o gás" e foi criando várias oportunidades, desde o primeiro minuto, com destaque para Cardinal e Alex, que viam o guardião Bebé adiar o primeiro golo. 

Primeira parte sem golos

As ocasiões sucediam-se e perante o maior domínio leonino, respondiam os "encarnados" com rápidas transições, embora nem sempre eficazes para incomodar o  guarda-redes Cristiano. 

A meio do primeiro tempo, o Benfica equilibrou o domínio de jogo e dispôs de boas oportunidades para inaugurar o marcador, mas até ao intervalo, os dois conjuntos preferiram resguardar-se e atacar de forma segura, sem arriscar na retaguarda. 

Os comandados de André Lima entraram mais fortes na segunda parte e Joel Queirós acabaria por "faturar" o primeiro da partida, na sequência de um canto de Ricardinho, para, pouco depois, César Paulo fazer o 2-0, num pontapé vistoso. 

No entanto, os sportinguistas não baixaram os braços e três minutos depois reduziram a desvantagem, pelo brasileiro Caio Japa, mas a resposta verde e branca seria efémera, pois o "capitão" do Benfica, Pedro Costa, respondia a boa iniciativa de Ricardinho e fazia o terceiro das "águias".

Prolongamento emocionante... e penáltis

A produção ofensiva das duas equipas ia mantendo o resultado incerto e mais ficou quando Cardinal voltou a reduzir, a cinco minutos do final, preparando a sua equipa para o "assalto final", que daria frutos três minutos depois, com Divanei a fazer o 3-3, levando o jogo para prolongamento. 

Pedro Costa iria desfazer a igualdade, nos últimos segundos da primeira metade do prolongamento, fazendo o "bis", mas Cardinal não lhe ficaria atrás, empatando na segunda metade e deixando a decisão para a "lotaria" dos penaltis.

O quarto jogo disputa-se no domingo (20 de junho), às 17:00, no Pavilhão n.º 1 do Estádio da Luz, em Lisboa, e, se necessário, em caso de empate, a "negra" terá como palco o Paz e Amizade, em Loures, a 26 de junho.

*** Este texto foi escrito ao abrigo do Novo Acordo Ortográfico ***

Clique para ler a Nota da Direcção do Expresso sobre o novo Acordo Ortográfico.