Siga-nos

Perfil

Expresso

Tribuna

FC Porto - Sporting tem 72 anos de história

São dois dos maiores clubes portugueses e, amanhã, farão o 73.º jogo em casa do FC Porto. Em casa, diz a história, manda o dragão.

É um dos jogos mais aguardados por todos. Em Portugal, como em todo o mundo, os clássicos (e os derbies) movem multidões, exultam paixões e prendem atenções.

Este Sábado, no Estádio do Dragão, FC Porto e Sporting entram em campo para o 73º encontro entre ambos no território do dragão. Uma história que começou no Estádio do Lima, corria a longínqua temporada de 1934/35. Na altura, o FC Porto venceu por 4-2, dando o mote para o que viria a ser a história dos confrontos entre os dois clubes.

Passaram mais de 70 anos, quatro estádios (Lima, Campo da Constituição, Antas e Dragão), mas manteve-se a rivalidade. No total, 37 vitórias para os dragões contra apenas 12 do Sporting, com mais 23 empates pelo meio. A superioridade portista continua nos golos, com 129 marcados contra 74 dos leões.

Os números das últimas temporadas tornam-se ainda mais desfavoráveis ao Sporting, já que nos últimos 30 anos, apenas por duas vezes (75/76 e 96/97) conseguiram vencer no terreno do FC Porto.

Na última época, registou-se um empate a um golo, com Deivid a adiantar o Sporting no marcador e Polga (na própria baliza) a marcar para o FC Porto. Antes, duas vitórias folgadas dos azuis (3-0 e 4-1).

Peyroteo, Pinga e os golos

Como sempre, há jogadores que marcam a história dos jogos. Geralmente, são os marcadores dos golos que vêm os seus nomes eternizados. No FC Porto - Sporting, há um número e três nomes em comum: Peyroteo (Sporting), Pinga e Correia Dias (FC Porto) são os homens que mais vezes festejaram golos (sete).

Entre os jogadores das épocas mais recentes, Jardel surge destacado, com cinco tentos (4 pelo FC Porto e um pelo Sporting), seguindo-se-lhe, com dois golos, uma lista que inclui Benny McCarthy, Deco e Pedro Barbosa.

No banco de suplentes, Jesualdo Ferreira estrear-se-á em jogos contra o Sporting no Dragão (já esteve em Alvalade), enquanto Paulo Bento cumpre o segundo clássico na casa do FC Porto.

Liedson, o grande ausente

Olhando para o momento actual das duas equipas, dir-se-á com alguma convicção que o FC Porto é favorito. É um facto que o Sporting não perde fora de Alvalade há mais de um ano, mas também é verdade que, em 2007, ainda não ganhou fora de Alvalade. Além disso, Liedson não joga, tal como Tonel.

No FC Porto, Lisandro Lopez é baixa de última hora, juntando-se a Anderson e Pedro Emanuel na lista de ausentes.

Amanhã, às 20h30, a bola começa a rolar no Estádio do Dragão, com arbitragem do lisboeta Pedro Henriques. Que vença o melhor, então.

QUADRO COMPLETO DOS JOGOS

. 1934/35, 4-2

. 35/36, 10-1

. 36/37, 2-2

. 37/38, 2-1

. 38/39, 2-1

. 39/40, 4-2

. 40/41, 2-2

. 41/42, 3-0

. 42/43, 2-2

. 43/44, 1-3

. 44/45, 3-1

. 45/46, 2-3

. 46/47, 2-4

. 47/48, 4-1

. 48/49, 1-0

. 49/50, 2-1

. 50/51, 3-0

. 51/52, 2-2

. 52/53, 1-1

. 53/54, 1-0

. 54/55, 1-1

. 55/56, 3-1

. 56/57, 2-0

. 57/58, 2-1

. 58/59, 1-0

. 59/60, 1-4

. 60/61, 0-0

. 61/62, 0-2

. 62/63, 1-3

. 63/64, 2-1

. 64/65, 1-3

. 65/66, 1-1

. 66/67, 1-0

. 67/68, 0-1

. 68/69, 1-1

. 69/70, 0-1

. 70/71, 2-1

. 71/72, 0-0

. 72/73, 0-1

. 73/74, 1-1

. 74/75, 1-1

. 75/76, 2-3

. 76/77, 4-1

. 77/78, 3-0

. 78/79, 0-0

. 79/80, 1-1

. 80/81, 1-0

. 81/82, 2-0

. 82/83, 0-0

. 83/84, 1-0

. 84/85, 0-0

. 85/86, 2-1

. 86/87, 2-0

. 87/88, 2-0

. 88/89, 3-0

. 89/90, 3-2

. 90/91, 2-0

. 91/92, 0-0

. 92/93, 0-0

. 93/94, 2-0

. 94/95, 1-1

. 95/96, 2-1

. 96/97, 1-2

. 97/98, 1-1

. 98/99, 3-2

. 99/00, 3-0

. 00/01, 2-2

. 01/02, 2-2

. 02/03, 2-0

. 03/04, 4-1

. 04/05, 3-0

. 05/06, 1-1