Siga-nos

Perfil

Expresso

Tribuna

FC Porto recebe o Sporting com o Benfica à espreita

Dragões recebem leões antes da visita à Luz. Liedson, Tonel, Lisandro e Bosingwa são ausências confirmadas no clássico.

À entrada para o último terço do campeonato, as grandes decisões vão começar. Para o Sporting, este é quase um jogo de vida ou morte ou, não sendo tão drástico, é uma partida de "ou vai ou racha". É que, em caso de derrota, os leões ficam a 12 pontos do FC Porto, uma distância quase irrecuperável no que falta jogar da Liga.

Mas não se pense que só para o Sporting o jogo é decisivo. O FC Porto é líder, tem uma vantagem pontual (4) que lhe garante a liderança independentemente do desfecho do jogo do Dragão, mas sabe que, perdendo, fica apenas com um ponto de vantagem quando entrar, na próxima semana, no Estádio da Luz, isto caso o Benfica vença, na Reboleira, o Estrela da Amadora.

Foram estes cenários de pressão sobre as equipas que serviram de mote a Paulo Bento para responder a Jesualdo Ferreira, que tinha, antes, atirado a pressão do jogo para o lado do Sporting.

"Não sei se a pressão está mais do lado do Sporting. Acho apenas que será uma pressão diferente. Ganhar é o único resultado que interessa às duas equipas. Ao Sporting, pela distância pontual, só interessa a vitória. Ao F.C. Porto também para que o outro adversário não o ultrapasse", disse o técnico leonino.

Ausências dos dois lados

O clássico começa, para já, com a certeza de baixas dos dois lados: no FC Porto, Lisandro (lesionado) e Bosingwa (opção) juntam-se a Anderson e Pedro Emanuel nas ausências, enquanto no Sporting Liedson (castigado) e Tonel (lesionado) ficam de fora, tal como o já habitual Carlos Martins.

Caneira está de regresso, após cumprir castigo na última jornada, o mesmo acontecendo com Hélder Postiga, que falhou a deslocação ao Marítimo por lesão.

Pedro Henriques, de Lisboa, será o árbitro da partida. Um juiz conhecido pela forma "inglesa" de apitar, deixando jogar mais do que é habitual, em Portugal.

Benfica à espreita

Quem vai estar especialmente atento ao clássico é o Benfica. Depois de seguir em frente para os quartos-de-final da Taça UEFA, o clube encarnado espera poder aproveitar o jogo grande para se aproximar da liderança ou, na pior das hipóteses, para se afastar ainda mais do Sporting.

Para isso, o Benfica tem que vencer, na segunda-feira, o Estrela da Amadora, que esta temporada ainda não perdeu no Estádio José Gomes. A equipa da Reboleira já perdeu em casa, mas isso aconteceu enquanto o seu estádio estava em obras e jogava em casa emprestada.

A jornada começa, no entanto, já esta sexta-feira, na Madeira, com o jogo entre Nacional e Boavista. O último jogo da ronda é apenas na terça-feira, e opõe o Sporting de Braga à Naval.

JOGOS DA 18.ª JORNADA

. Nacional - Boavista

Sexta-feira, 20h30, Estádio Eng. Rui Alves [SPORTTV1]

. FC Porto - Sporting

Sábado, 20h30, Estádio do Dragão [SPORTTV1]

. Desportivo das Aves - Académica

Domingo, 15h, Estádio do Aves

. Beira-Mar - Marítimo

Domingo, 16h, Estádio Municipal Aveiro

. União Leiria - Vitória Setúbal

Domingo, 16h, Estádio Municipal Dr. Magalhães Pessoa

. Paços Ferreira - Belenenses

Domingo, 18h15, Estádio da Mata Real [SPORTTV1]

. Estrela Amadora - Benfica

Segunda-feira, 20h30, Estádio José Gomes [TVI]

. Sporting de Braga - Naval

Terça-feira, 20h30, Estádio Municipal de Braga [SPORTTV1]