Siga-nos

Perfil

Expresso

Tribuna

Eriksson fora da Luz e FC Porto em risco na 'Champions'

Se o fim do namoro entre o Benfica e o treinador sueco é comum aos três diários portugueses, só "A Bola" refere a possibilidade dos 'dragões' falharem a Liga dos Campeões à conta do caso de corrupção em que foi condenado recentemente pela Comissão Disciplinar da Liga.

A possibilidade do FC Porto não poder competir na próxima edição da Liga dos Campeões e a procura, por parte do Benfica, de uma alternativa a Sven-Goran Eriksson, dominam as primeiras páginas da imprensa desportiva portuguesa de hoje.

"A Bola" dedica a sua manchete e quase toda a primeira página da sua edição de hoje ao risco que o tricampeão nacional corre de vir a ser afastado da edição 2008/09 da mais importante competição de clubes da UEFA. Tudo porque o regulamento da prova prevê o impedimento para clubes envolvidos em casos de corrupção.

Segundo o mesmo diário, ao não recorrer da punição por tentativa de corrupção, o FC Porto pode cair sob a alçada disciplinar da UEFA. A confirmar-se o impedimento, o Vitória de Guimarães acompanharia o Sporting no acesso directo e o Benfica estaria presente na 3ª pré-eliminatória.

A um outro nível, na Taça UEFA, o Sporting de Braga ocuparia a vaga do Benfica e o Belenenses teria, assim, possibilidade de participar na Taça Intertoto, que dá direito de participação aos três primeiros classificados na Taça UEFA de 2008/09.

Já os outros dois diários desportivos portugueses optaram por dedicar as suas manchetes ao fim do namoro entre o Benfica e Sven-Goran Eriksson. Quer o "Record" quer "O Jogo" referem que Rui Costa, novo responsável máximo pelo futebol dos 'encarnados', decidiu não dar mais tempo ao treinador sueco para decidir o seu futuro e já partiu em busca de alternativas.

Ainda ligado contratualmente ao Manchester City, Eriksson tinha de dar até ontem uma resposta definitiva aos responsáveis da Luz. O sueco pediu ao Benfica mais uns dias para resolver a sua situação laboral com o clube inglês, mas Rui Costa não acudiu a solicitação, terá colocado um ponto final neste namoro e já partiu em busca de alternativas possíveis no mercado internacional.

O nome do espanhol Quique Flores, antigo treinador do Valência, estará de novo sobre a mesa.

O "Record" avança ainda que o clube da Luz está interessado no médio francês Hassan Yebda, jogador de origem argelina em final de contrato com o Le Mans. O jogador tem 24 anos e é médio defensivo.

Notícia comum aos três desportivos é a assinatura de um contrato de três anos entre o Sporting e Fábio Rochemback, depois da bateria de exames médicos a que o brasileiro, antigo jogador 'leonino', se submeteu ontem em Lisboa.