Siga-nos

Perfil

Expresso

Tribuna

Djokovic faz tombar Federer

Sérvio venceu em três "sets", 7-5, 6-3 e 7-6 (7-5), e está na final, onde vai encontrar Jo-Wilfried Tsonga, que ontem bateu Rafael Nadal.

Ricardo Capela

Novak Djokovic venceu esta manhã Roger Federer e está na final do Open da Austrália. E se uma derrota de Federer é, por si só, notícia, mais o é quando acontece em três partidas - 7-5, 6-3 e 7-6 (7-5).

Esta é a primeira vez que Federer falha uma final de um torneio do "Grand Slam" desde 2005, em que Nadal afastou o suíço do jogo decisivo de Roland Garros. Ao mesmo tempo, o número um do mundo perde a oportunidade de tentar o quarto título em Melbourne Park, depois de ter vencido em 2004, 2006 e 2007.

Djokovic continua, assim, sem ceder qualquer "set" no "Grand Slam" australiano, carimbando a passagem para a final, onde vai defrontar o francês Jo-Wilfried Tsonga, que ontem já batera o espanhol Rafael Nadal.

Assim, no primeiro "Grand Slam" da temporada, a Rod Laver Arena vai assistir a uma final inédita, entre Djokovic e Tsonga. O sérvio, número três do mundo, reúne favoritismo, mas o francês tem mostrado muita qualidade e está, acima de tudo, extremamente motivado pela presença na primeira final de um "major" na sua carreira.