Siga-nos

Perfil

Expresso

Tribuna

Demissões passaram ao lado do plantel do Est. Amadora

O técnico amadorense quer uma equipa motivada para vencer o Sporting, amanhã, na Reboleira. (Visite o dossiê do Campeonato da I Liga)

O técnico do Estrela da Amadora garantiu hoje que as demissões nos órgãos sociais, verificadas esta semana, passaram ao lado do plantel, que considera estar motivado para vencer, sexta-feira, o Sporting, em jogo da 11ª jornada da Liga. Lázaro Oliveira admitiu que a tomada de posição de sete elementos dos órgãos sociais, que se demitiram terça-feira, "passou ao lado e que não teve interferência na disposição do plantel", que só quer a vitória frente aos 'leões'. Invencíveis em casa, os jogadores do Estrela, equipa que ocupa o 10.º posto com 11 pontos, sabem que têm pela frente um adversário difícil, mas querem continuar sem perder no seu reduto. "Estes jogos motivam muito mais. Temos treinado com afinco e encaramos o jogo com espírito de conquista. Queremos manter a invencibilidade", afirmou o treinador amadorense. Apesar das duas derrotas nos últimos dois encontros, e de ter elogiado no último encontro a prestação dos 'leões', que ocupam o terceiro lugar com 19 pontos, o treinador "tricolor" deu a receita para amealhar os três pontos. "Nós temos que corrigir alguns erros que cometemos nos dois últimos encontros. Frente ao Sporting, a equipa terá que fazer uma boa circulação de bola, dar amplitude à organização ofensiva e pressionar o adversário, obrigá-lo a correr atrás da bola", sublinhou. Lázaro Oliveira apenas vai divulgar a lista de convocados sexta-feira, após o treino matinal, sendo certa a ausência do defesa central Mustafá, actualmente lesionado. "O jogador que o (Mustafá) substituir dá-me garantias que vai desempenhar a função com muita qualidade", disse o técnico, escondendo assim quem vai render o jogador argentino no eixo da defesa. O encontro está agendado para as 20h30 de sexta-feira, no Estádio José Gomes, na Reboleira, e vai ser arbitrado pelo portuense Paulo Costa.

Campeonato da I Liga