Siga-nos

Perfil

Expresso

Tribuna

Bruno Paixão vai ser 'punido' pela Liga

Apesar de o 'clássico' deste domingo ter sido organizado pela Federação, a Comissão de Arbitragem da Liga "está atenta" e deverá retirar o árbitro das próximas nomeações, devido à sua actuação em Alvalade.

Pedro Miguel Neves

A Comissão de Arbitragem da Liga vai 'castigar' o árbitro Bruno Paixão, devido à sua actuação no Sporting-FC Porto do último domingo.

Vítor Pereira, presidente da Comissão de Arbitragem (CA) da Liga, recusa falar em "castigo", mas admite que o juiz possa falhar as 8.º e 9.º jornadas do campeonato nacional. Questionado sobre se Bruno Paixão ficará de fora nas próximas nomeações, o responsável pelos árbitros afirma ao Expresso que a CA "não pune". "Agimos pelo mérito. Ou seja, se um árbitro estiver bem, é normal que seja chamado para jogos importantes, se estiver mal, naturalmente não terá jogos na jornada seguinte", esclarece.



Segundo o jornal "Correio da Manhã", o juiz setubalense vai ficar de fora nas duas próximas jornadas do campeonato, o que equivale a não receber 2200 euros (os árbitros recebem 1100 euros por jogo na Liga e 750 na Liga de Honra).



Embora o 'clássico' entre 'leões' e 'dragões' tenha sido disputado sobre a alçada da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), e Bruno Paixão ter sido nomeado pelo Conselho de Arbitragem da FPF, Vítor Pereira não afasta a possibilidade de o juiz ficar de fora na Liga. "Não será castigado porque a Comissão de Arbitragem não tem competência para unir (jogos da Liga e Federação), isso é da competência dos órgãos disciplinares. Mas, mesmo sendo um jogo da Federação, há lugar a essa análise que realizamos sempre ao trabalho dos árbitros", garante o presidente da CA.



Na prática - apesar de serem competições diferentes -, significa que Bruno Paixão vai mesmo ser 'punido', ficando de fora das nomeações, pelo menos, na 8ª jornada da Liga (divulgadas hoje às 17 horas), que se realiza entre os dias 14 e 17 de Novembro.



A actuação do árbitro setubalense foi muito criticada pelos treinadores de Sporting e FC Porto e pela comunicação social especializada.



Bruno Paixão possui as insígnias da FIFA, que o eleva ao estatuto de árbitro internacional, e ficou em 6.º lugar da classificação dos árbitros da Liga relativa à época 2007/08.

  • Um turbilhão de emoções

    Quando só a vitória interessa, luta-se corpo a corpo. Recorde alguns momentos que ficaram para a história do jogo da 4ª eliminatória da Taça de Portugal.