Siga-nos

Perfil

Expresso

Tribuna

Aveiro recebeu primeiro concurso de categoria B

Ex-cavaleiro olímpico António Vozone vence a segunda prova mais importantes de saltos de obstáculos nacionais de categoria B.

O ex-cavaleiro olímpico, António Vozone, montando a sua égua de raça "Sela Francês", com 10 anos de idade, "Jophie des Carmes", venceu o primeiro concurso de saltos de obstáculos nacionais de categoria B, realizado durante o fim-de-semana em Aveiro.

Naquela que é a segundo mais importante competição de provas de saltos, Vozone efectuou o percurso do Grande Prémio Auto-Vístula sem faltas, com o tempo de 43,69 segundos, atirando para o segundo lugar o cavaleiro da casa, Hugo Carvalho, com o "Qredo van de Kempenhoeve", que foi também terceiro, mas desta feita montando o "Licoeur de Fauburg".

Ao todo rumaram até ao Parque de Feiras e Exposições de Aveiro 160 conjuntos, oriundos de vários pontos do país, e que desfrutaram de um piso excelente para a prática da disciplina de saltos de obstáculos, enquadrado num espaço onde não faltou conforto. Ingredientes que fizeram deste primeiro concurso de categoria B um sucesso.

A organização deste evento – integrado no calendário oficial da Federação Portuguesa Equestre  –, foi da responsabilidade da Associação Hípica de Aveiro, que distribuiu um total de 9.300 euros, 3 mil dos quais para os melhores classificados do Grande Prémio: cinco conjuntos que se apuraram para a "barrage".

A primeira-mão do Grande Prémio, cujo percurso foi da responsabilidade do chefe de pista Luís d’Orey, contou com a participação de 25 conjuntos.
O próximo concurso de saltos, mas de categoria C, realiza-se no fim-de-semana que vem em Leça da Palmeira, nas instalações do Centro Hípico do Porto e Matosinhos, enquanto o primeiro Concurso de Saltos Internacionais está agendado para Vilamoura entre 19 e 25 deste mês.

Franceses dominam Taça do Mundo

Em França decorreu, em Bordéus, mais um Concurso de Saltos Internacionais pontuável para a Taça do Mundo, cujo domínio pertenceu aos conjuntos da casa.

Michel Robert, que foi medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Atlanta e Seoul e um dos mais conceituados cavaleiros no panorama internacional, foi o vencedor do Grande Prémio da 10.ª etapa da Taça do Mundo da FEI-Federação Equestre Internacional.

O facto de 40 conjuntos terem disputado a final prova bem o elevado patamar competitivo das provas da Taça do Mundo. Contudo, apenas cinco chegaram à "barrage" com zeros pontos, mas foi Michel Robert, com o "Galet d’Auzay", o melhor, realizando um duplo percurso sem faltas e com o espectacular tempo de 37,12 segundos. Atrás de si classificou-se o seu compatriota Michel Hecart, com o "Itot du Chateau", e em terceiro Meredith Michaels-Beerbaum, com "Shutterfly", mas com uma penalização de quatro pontos.

Após esta etapa, os cinco primeiros lugares do "ranking" mundial da FEI é ocupado pelos seguintes cavaleiros: 1º Christian Ahlmann (Alemanha), com 82 pontos; 2º Beat Mandli (Suíça), 64; 3º Meredith Michaels-Beerbaum (Alemanha), 63; 4º Albert Zoer (Holanda), 56; e 5º Michael Whitaker (Grã Bretanha), 50.