Siga-nos

Perfil

Expresso

Tribuna

AG aprova reestruturação e Academia

Soares Franco conseguiu ver aprovada o projecto de reestruturação do clube e a integração da Academia na SAD.

Ricardo Capela

A Assembleia Geral (AG) do Sporting, que decorreu ontem à noite, no Parque das Nações, terminou com a aprovação de duas das três propostas avançadas pela direcção do clube e o 'chumbo' de uma terceira, relativa à integração da Sporting Comércio e Serviços na SAD leonina.

Em contrapartida, tiveram "luz verde" dos sócios a passagem da Academia do património do clube para a SAD e a nova emissão obrigacionista, que vai suceder à actual, que está a terminar. Para que a terceira proposta fosse igualmente aprovada, Soares Franco e a sua equipa consideravam necessária a existência de uma maioria qualificada, ou seja, superior a dois terços, o que não se verificou.

As propostas acabaram por ser votadas globalmente, num acto único, reolhendo 63,71% de votos favoráveis e 36,29% contra, com 118 abstenções pelo meio. O resultado significa uma 'meia-vitória' para Soares Franco, que ficou a escassos 3% de conseguir a maioria qualificada que necessitava para que as três propostas fossem consideradas aprovadas. Na AG estiveram presentes 1.200 sócios, que representavam um total de 8.609 votos.

No final da assembleia, Soares Franco não estava totalmente satisfeito com o resultado. "Este chumbo parcial implica que a SAD não fique com as receitas que tinha a Comércio e Serviços. Portanto, ficará privada de alguns proveitos."

Apesar do chumbo parcial, o presidente leonino admitiu que o resultado da AG "não é extraordinariamente importante" para não cumprir o que falta do seu mandato à frente do Sporting.