Siga-nos

Perfil

Expresso

Tribuna

30 anos de FC Pinto da Costa

Jorge Nuno Pinto da Costa, o presidente com mais títulos do futebol mundial, celebra hoje 30 anos à frente dos destinos do FC Porto, o clube mais ganhador do século XXI.

Isabel Paulo e Mariana Cabral (www.expresso.pt)

Goste-se ou não do estilo do decano dos presidentes do futebol português, haverá sempre uma era antes e depois de Pinto da Costa na história do FC Porto.

Eleito a 17 de abril de 1982, Jorge Nuno Pinto da Costa chegou às Antas para acabar com o duopólio dos 'grandes' de Lisboa, guerra encetada lado a lado com o mítico treinador José Maria Pedroto.

A ressureição dos portistas, que já não venciam um campeonato desde 1959, demorou dois anos a chegar após a tomada de posse da controversa dupla azul e branca, que exibiria as primeiras faixas do título nacional em 1977/78, feito repetido na época seguinte.

Desde então, o 'superdragão' Pinto da Costa nunca mais parou de somar troféus e polémicas, ultrapassando o número total de títulos (70-69) no futebol sénior dos arquirrivais da Luz, na época passada.

Quando na já longínqua época de 1981/82 tomou posse dos destinos portistas, Pinto da Costa herdou um magro espólio de 15 troféus no futebol, nenhum com carimbo internacional.

Do Porto para o mundo

Trinta anos depois da era Pinto da Costa, o pecúlio de títulos do FC Porto chegou aos 55, sete dos quais nas provas da FIFA e UEFA: duas Ligas dos Campeões, duas Taças Intercontinentais, uma Supertaça Europeia, uma Taça UEFA e uma Liga Europa.

Nas modalidades, a supremacia da era Pinto da Costa é igualmente esmagadora para os adversários: antes de 1982 eram 45 os troféus no andebol, basquetebol e voleibol; hoje, são 164, 58 dos quais conquistados no hóquei em patins, modalidade onde os 'dragões' só conheceram o sabor da vitória sob a batuta de Jorge Nuno e de Ilídio Pinto, o vice-presidente portista que acompanha o líder desde a primeira hora.

A 28 de dezembro, no dia em que completou 74 anos, Jorge Nuno Pinto da Costa foi distinguido, no Dubai, com o "Prémio de Carreira" no Global Soccer Awards, galardão atribuído por ser o dirigente com mais títulos a nível mundial.

A vida e obra do líder portista já deram origem a vários livros, como 'Largos dias têm 100 anos', escrito pelo próprio, ou o polémico 'Eu, Carolina', assinado pela ex-companheira Carolina Salgado, que o acusou de corrupção na arbitragem e de ter mandado agredir o vereador de Gondomar Ricardo Bexiga.

A mancha do 'Apito Dourado'

Entre os vários casos em que o nome de Pinto da Costa foi envolvido ao longo de três décadas, o 'Apito Dourado', desencadeado em 2004, foi o que mais beliscou a imagem do presidente do FC Porto, mesmo tendo sido absolvido nos três casos que chegaram a julgamento nos tribunais comuns.

Separado pela segunda vez de Filomena Pinto da Costa, sua ex-secretária, mãe da sua filha mais nova e com quem casou duas vezes, Pinto da Costa vive há mais de dois anos um romance sem sobressaltos ao lado da jovem Fernanda Miranda, de quem é inseparável.

Após anos de vida familiar atribulada, o dirigente fez ainda as pazes com o seu filho primogénito, Alexandre, antigo empresário de futebol e sócio de José Veiga, filho do seu primeiro matrimónio.  

Pinto da Costa debutou como dirigente portista em 1962 como vogal da secção de hóquei em patins, com a tenra idade de 24 anos. Três anos depois assume a liderança do hóquei em campo e, em 1967, muda-se para a secção de boxe, onde inicia uma bela amizade, que perdura, com Reinaldo Teles - seu braço direito até hoje.

Tomou posse como diretor do futebol azul e branco a 13 de maio de 1976, data que seria um prenúncio do milagre da multiplicação de triunfos do clube que se tornou a voz do Porto e mudou a correlação de forças do futebol português.  

AC e DC (antes e depois de Pinto da Costa)

Veja a fotogaleria:

Pinto da Costa foi eleito pela primeira vez a 17 de abril de 1982
1 / 46

Pinto da Costa foi eleito pela primeira vez a 17 de abril de 1982

O FC Porto começou a vencer, sob a liderança de Pinto da Costa, com o mítico treinador José Maria Pedroto
2 / 46

O FC Porto começou a vencer, sob a liderança de Pinto da Costa, com o mítico treinador José Maria Pedroto

Pinto da Costa com a Taça dos Campeões Europeus de 1987, que o FC Porto conquistou frente ao Bayern Munique (2-1), com o histórico golo de calcanhar de Madjer
3 / 46

Pinto da Costa com a Taça dos Campeões Europeus de 1987, que o FC Porto conquistou frente ao Bayern Munique (2-1), com o histórico golo de calcanhar de Madjer

Pinto da Costa com Adriano Pinto, ex-presidente da AF Porto (entretanto já falecido), em agosto de 1993
4 / 46

Pinto da Costa com Adriano Pinto, ex-presidente da AF Porto (entretanto já falecido), em agosto de 1993

Pinto da Costa com Carlos Alberto Silva, treinador brasileiro que esteve no FC Porto em 1991/1992 e 1992/1993
5 / 46

Pinto da Costa com Carlos Alberto Silva, treinador brasileiro que esteve no FC Porto em 1991/1992 e 1992/1993

Valentim Loureiro, Fernando Gomes e Pinto da Costa, em novembro de 1994
6 / 46

Valentim Loureiro, Fernando Gomes e Pinto da Costa, em novembro de 1994

João Pinto, Vítor Baía, Pinto da Costa e Rui Jorge festejam a conquista da Taça de Portugal, em junho de 1994, numa finalíssima frente ao Sporting (2-1)
7 / 46

João Pinto, Vítor Baía, Pinto da Costa e Rui Jorge festejam a conquista da Taça de Portugal, em junho de 1994, numa finalíssima frente ao Sporting (2-1)

Em 1995, Augusto Inácio era adjunto de Bobby Robson, mas viu-se obrigado a assumir o comando dos "dragões" quando o inglês adoeceu e teve de ser operado
8 / 46

Em 1995, Augusto Inácio era adjunto de Bobby Robson, mas viu-se obrigado a assumir o comando dos "dragões" quando o inglês adoeceu e teve de ser operado

Pinto da Costa e o capitão João Pinto deixam uma coroa de flores à entrada do Estádio do Restelo, em homenagem ao malogrado Pepe, ex-jogador do Belenenses que morreu aos 23 anos (1995)
9 / 46

Pinto da Costa e o capitão João Pinto deixam uma coroa de flores à entrada do Estádio do Restelo, em homenagem ao malogrado Pepe, ex-jogador do Belenenses que morreu aos 23 anos (1995)

Pinto da Costa e Manuel Damásio, presidente do Benfica entre 1994/95 e 1996/97, em março de 1996
10 / 46

Pinto da Costa e Manuel Damásio, presidente do Benfica entre 1994/95 e 1996/97, em março de 1996

O presidente com o seu braço direito, Reinaldo Teles, num jogo entre Tirsense e FC Porto, em abril de 1996
11 / 46

O presidente com o seu braço direito, Reinaldo Teles, num jogo entre Tirsense e FC Porto, em abril de 1996

Bobby Robson, treinador, Pinto da Costa, presidente, e Reinaldo Teles, delegado, em abril de 1996
12 / 46

Bobby Robson, treinador, Pinto da Costa, presidente, e Reinaldo Teles, delegado, em abril de 1996

Pinto da Costa é convidado habitual de alguns dos deputados da Assembleia da República, para uma reunião anual (maio de 1996)
13 / 46

Pinto da Costa é convidado habitual de alguns dos deputados da Assembleia da República, para uma reunião anual (maio de 1996)

Pinto da Costa em Alvalade, em outubro de 1996
14 / 46

Pinto da Costa em Alvalade, em outubro de 1996

Anúncio da recandidatura de Pinto da Costa à presidência do FC Porto, em abril de 1997
15 / 46

Anúncio da recandidatura de Pinto da Costa à presidência do FC Porto, em abril de 1997

Jantar de homenagem a Pinto da Costa, em abril de 1997, quando se completaram 15 anos sobre a sua presidência
16 / 46

Jantar de homenagem a Pinto da Costa, em abril de 1997, quando se completaram 15 anos sobre a sua presidência

O treinador António Oliveira e o presidente Pinto da Costa, em novembro de 1998
17 / 46

O treinador António Oliveira e o presidente Pinto da Costa, em novembro de 1998

Reinaldo Teles, Pinto da Costa e Fernando Santos festejam a conquista de mais uma Taça de Portugal para o FC Porto, em maio de 2000
18 / 46

Reinaldo Teles, Pinto da Costa e Fernando Santos festejam a conquista de mais uma Taça de Portugal para o FC Porto, em maio de 2000

Pinto da Costa a apoiar a seleção portuguesa durante o Euro 2000
19 / 46

Pinto da Costa a apoiar a seleção portuguesa durante o Euro 2000

Pinto da Costa com a segunda mulher, Filomena Morais, com quem casou por duas vezes, nos anos 80...
20 / 46

Pinto da Costa com a segunda mulher, Filomena Morais, com quem casou por duas vezes, nos anos 80...

... e em 2007
21 / 46

... e em 2007

Antes do segundo casamento, em 2003, Pinto da Costa namorou com Carolina Salgado...
22 / 46

Antes do segundo casamento, em 2003, Pinto da Costa namorou com Carolina Salgado...

... que se destacou por integrar a claque dos Super Dragões aquando da visita do FC Porto à Luz, em outubro de 2004 (levando um cartaz sobre "orelhas", em referência ao presidente "encarnado")
23 / 46

... que se destacou por integrar a claque dos Super Dragões aquando da visita do FC Porto à Luz, em outubro de 2004 (levando um cartaz sobre "orelhas", em referência ao presidente "encarnado")

Contudo, em 2006, Carolina e Pinto da Costa separam-se de forma pouco amigável e, no mesmo ano...
24 / 46

Contudo, em 2006, Carolina e Pinto da Costa separam-se de forma pouco amigável e, no mesmo ano...

... a ex-amante lança o livro "Eu, Carolina", no qual revela detalhes do seu relacionamento com o presidente do FC Porto e acusa-o de subornar árbitros
25 / 46

... a ex-amante lança o livro "Eu, Carolina", no qual revela detalhes do seu relacionamento com o presidente do FC Porto e acusa-o de subornar árbitros

Atualmente, Pinto da Costa mantém um relacionamento com Fernanda Miranda, brasileira de 25 anos
26 / 46

Atualmente, Pinto da Costa mantém um relacionamento com Fernanda Miranda, brasileira de 25 anos

Em 2001/2002, Octávio Machado (o homem do "vocês sabem do que é que eu estou a falar") era o treinador portista, mas foi substituído ainda no decorrer da época por José Mourinho
27 / 46

Em 2001/2002, Octávio Machado (o homem do "vocês sabem do que é que eu estou a falar") era o treinador portista, mas foi substituído ainda no decorrer da época por José Mourinho

Entre 2001/2002 e 2003/2004, o FC Porto voltou a atingir a glória máxima na Europa, com Mourinho ao leme
28 / 46

Entre 2001/2002 e 2003/2004, o FC Porto voltou a atingir a glória máxima na Europa, com Mourinho ao leme

Em 2002/2003, o FC Porto conquista a Taça UEFA (agora Liga Europa), frente ao Celtic, e, na época seguinte, vence a Liga dos Campeões, perante o Mónaco - sempre com Mourinho a fazer história
29 / 46

Em 2002/2003, o FC Porto conquista a Taça UEFA (agora Liga Europa), frente ao Celtic, e, na época seguinte, vence a Liga dos Campeões, perante o Mónaco - sempre com Mourinho a fazer história

Apresentação do reforço Benny McCarthy, em julho de 2003
30 / 46

Apresentação do reforço Benny McCarthy, em julho de 2003

Em outubro de 2003, na apresentação do livro "Sulista, Elitista e Liberal q.b.", de Luís Filipe Menezes, atual presidente da CM de Vila Nova de Gaia, onde o FC Porto tem um centro de estágio
31 / 46

Em outubro de 2003, na apresentação do livro "Sulista, Elitista e Liberal q.b.", de Luís Filipe Menezes, atual presidente da CM de Vila Nova de Gaia, onde o FC Porto tem um centro de estágio

Pinto da Costa com o treinador espanhol Victor Fernandez, que chegou em 2004/2005, para substituir o italiano Luigi Delneri, que foi contratado (e despedido) no início da época
32 / 46

Pinto da Costa com o treinador espanhol Victor Fernandez, que chegou em 2004/2005, para substituir o italiano Luigi Delneri, que foi contratado (e despedido) no início da época

No final da época (negra), era José Couceiro o treinador
33 / 46

No final da época (negra), era José Couceiro o treinador

Em maio de 2005, foi apresentado o holandês Co Adriaanse, que só permaneceu uma época...
34 / 46

Em maio de 2005, foi apresentado o holandês Co Adriaanse, que só permaneceu uma época...

... dando depois lugar a Jesualdo Ferreira, que começou a época 2006/2007 no Boavista, mas foi "resgatado" por Pinto da Costa para as Antas
35 / 46

... dando depois lugar a Jesualdo Ferreira, que começou a época 2006/2007 no Boavista, mas foi "resgatado" por Pinto da Costa para as Antas

Em maio de 2005, o FC Porto recebeu do então primeiro-ministro, Pedro Santana Lopes, a Medalha de Mérito Desportivo, pela conquista da Taça Intercontinental
36 / 46

Em maio de 2005, o FC Porto recebeu do então primeiro-ministro, Pedro Santana Lopes, a Medalha de Mérito Desportivo, pela conquista da Taça Intercontinental

Em 2007, surge a grande "mancha" na carreira do presidente portista: o processo Apito Dourado
37 / 46

Em 2007, surge a grande "mancha" na carreira do presidente portista: o processo Apito Dourado

Em junho de 2010, Pinto da Costa apresenta o "novo Mourinho", André Villas-Boas
38 / 46

Em junho de 2010, Pinto da Costa apresenta o "novo Mourinho", André Villas-Boas

O jovem treinador bate recordes no clube e conquista a Liga Europa, mas sai - da sua "cadeira de sonho" - de forma algo azeda, para o Chelsea
39 / 46

O jovem treinador bate recordes no clube e conquista a Liga Europa, mas sai - da sua "cadeira de sonho" - de forma algo azeda, para o Chelsea

Rui Cerqueira, diretor de comunicação do FC Porto, com o presidente
40 / 46

Rui Cerqueira, diretor de comunicação do FC Porto, com o presidente

Pinto da Costa ladeado pelos sociais-democratas Miguel Relvas e Aguiar Branco, na Gala dos Dragões de Ouro da época passada
41 / 46

Pinto da Costa ladeado pelos sociais-democratas Miguel Relvas e Aguiar Branco, na Gala dos Dragões de Ouro da época passada

30 anos depois, o presidente portista continua a fazer história no FC Porto
42 / 46

30 anos depois, o presidente portista continua a fazer história no FC Porto

Pinto da Costa tem 74 anos
43 / 46

Pinto da Costa tem 74 anos

É o 33.º presidente do FC Porto - e ainda não se perfilam sucessores para o cargo
44 / 46

É o 33.º presidente do FC Porto - e ainda não se perfilam sucessores para o cargo

Os adeptos portistas continuam a venerar o líder...
45 / 46

Os adeptos portistas continuam a venerar o líder...

... que continua a "marcar golos"
46 / 46

... que continua a "marcar golos"

Clique aqui para (re)ler a grande entrevista realizada pelo Expresso a Pinto da Costa, em agosto de 2010

Clique aqui para ver também os vídeos da entrevista em questão