Siga-nos

Perfil

Expresso

Cultura

Serrralves. Rui Moreira pede reunião urgente ao Conselho de Fundadores

Presidente da Câmara do Porto justifica pedido de reunião com a mediática demissão de João Ribas, diretor artístico de Serralves. Moreira teme que o prestígio do Museu de Arte Contemporânea seja beliscado a nível nacional e internacional por alegada censura a obras de Robert Mapplethorpe

Expresso

O Presidente da Câmara do Porto pediu, esta terça-feira, ao presidente do Conselho de Fundadores da Fundação Serralves que convoque aquele órgão, com carácter de urgência, para avaliar a questão suscitada acerca da exposição que está a decorrer no Museu de Arte Contemporânea, do artista Robert Mapplethorpe.

Numa carta hoje dirigida a Luís Braga da Cruz, Rui Moreira lembra que “a Fundação Serralves tem sido alvo de notícias em órgãos de comunicação social nacionais e internacionais e de diversas manifestações públicas susceptíveis de afectar a sua imagem e reconhecido prestígio, a propósito da exposição do artista Robert Mapplethorpe, que decorre no seu Museu de Arte Contemporânea”.

A Câmara do Porto tem assento, por Decreto-Lei, no Conselho de Fundadores, que reúne ordinariamente uma vez por ano, mas que pode ser convocado extraordinariamente pelo seu presidente ou a pedido do Conselho de Administração.

Amanhã, cinco dias após a estrondosa saída do diretor artístico do Museu de Arte Contemporânea e curador da exposição 'Robert Mapplethorpe: Pictures', Ana Pinho, presidente do Conselho de Administração da Fundação de Serralves promove um encontro com a comunicação social para “abordar assuntos” relativos à instituição.