Siga-nos

Perfil

Expresso

Cultura

Compositor grego Mikis Théodorakis foi hospitalizado

Autor da banda sonora do filme "Zorba, o grego", de 1964, “foi transferido na sexta-feira para um hospital de Atenas após uma forte dor no peito e uma anomalia cardíaca”

Um dos mais célebres compositores gregos, Mikis Théodorakis, de 93 anos, foi hospitalizado após um ataque cardíaco, mas a sua vida está "fora de perigo imediato", indicou neste domingo a agência noticiosa grega ANA. O autor da banda sonora do filme "Zorba, o grego" (1964) "foi transferido na sexta-feira para um hospital de Atenas após uma forte dor no peito e uma anomalia cardíaca", anunciou a agência.

Os médicos declararam que o compositor está "fora de perigo imediato", mas precisaram manter a prudência devido à sua idade, segundo a mesma fonte. Conhecido em todo o mundo por ter composto a banda sonora daquele filme baseado no romance homónimo de Nikos Kazantzakis, Théodorakis é um compositor prolífico, que além de sinfonias e oratórios marcou e renovou a música popular da Grécia.

É também considerado como uma figura emblemática da vida política grega: participou na resistência contra os nazis, foi militante comunista durante a guerra civil (1946-1949) e combateu a ditadura dos coronéis (1967-1974). Manifestou-se também contra a austeridade imposta à Grécia pelos credores devido à crise financeira desencadeada em 2010.

Nascido na ilha de Quios, no mar Egeu, a 29 de julho de 1925, estudou música em Atenas e em Paris.