Siga-nos

Perfil

Expresso

Luís Carmelo

Blogues para as férias (I)

Chegou o tempo dos engarrafamentos, das malas por fechar e do suor em bica.

No entanto, a praia dos nossos dias já não é a praia inocente do "Gendarme de Saint-Tropez" ou de "Les Zozos". Hoje, o portátil faz companhia ao mais ínvio veraneante. Para ele, passo a aconselhar alguns dos melhores blogues de férias.

 

Comecemos pelo "Triciclo Feliz" que tem cores quentes e uma expressão que casa a radiografia paródica do quotidiano com a nostalgia do design da "segunda revolução industrial". Além disso, vive da evocação e do prazer com que manuseia a primeira pessoa. Puro lúdico. O hedonismo anda também à solta no "Dias Felizes": trata o biografismo por tu, adora Francis Bacon, não esconde alguns traços filantrópicos e respira um grafismo clean e depurado (netjes como dizem os holandeses). O "Memória  Inventada" é também muito útil à quadra solar, já que se enuncia em viagem e em tempo real. Qual "Grande Reportagem", qual quê! Aqui é Nova Iorque ao vivo, é a "Route 66" e é ainda um espada romântico de cor amarelada: verdadeiro perfume que a "trepidação" dá a sentir, para além, é evidente, da "chapa morna, morna como um mamífero de verdade".

 

Nesta brevíssima visita guiada com bronze ao fundo, não pode ser esquecido o humor que não teme aquilo a que os cientistas designam por hipérbole: um animal sempre maior do que qualquer outro e, ainda por cima, a fazer troça de todos. O gracioso blogue que o encorpa como poucos dá pelo o nome de "A Causa Foi Modificada". É evidente que os espíritos mais suaves, mas desejosos de prazer imediato, imprevisto (e estético), podem sempre passar pelo "Cocanha". O relato que atravessa este blogue tem o seu fundo cinematográfico, mas é sempre cotejado pela antropologia da actualidade, pela subtileza do sarcasmo e, como diria Dida na baliza do escrete, pela mais secreta gozação. Vale a pena.

 

Se o calor fustigar o leitor, já sabe que a blogosfera é generosa e não lhe esconde soluções. Passe nesse caso pelo "Adriátiko": entre short stories, muita neve e algumas hibernações próprias do clima criado, o blogue tem um culto especial por imagens (com atenção especial para o anfitrião, Fernando Relvas, e também para Nina Govedarica). O Verão também pede algum descanso para o olhar. Razão para mais esta visita. A terminar, deixo-vos com o doce favorito de um dia em que o céu se esfuma e o crepúsculo parece uma estrela em fogo. É o "Hey-City-Zen", blogue "Bi-continental, bi-cultural,  bi-lingual". Os ritmos surgem aí recriados em janelas muito claras e deixam-nos ver – com frescura – noites de música animadas por Diana Krall, Kudu ou Massive Attack (já agora: por aqui, a natureza da escrita não se deixa impressionar com o politicamente correcto que está a transformar a nobreza clássica do tabaco num mundo de estufas e próteses tecnológicas).

 

Na próxima crónica de estio, completarei esta ementa que foi pensada para juntar o restaurante de praia à perdição, o areal vazio ao portátil e o amanhecer na praia à nudez mais virtual. Boas danças com blogues!

 

Luís Carmelo

Prof. universitário e ensaísta