Siga-nos

Perfil

Expresso

  • Luís Carmelo

    Luís Carmelo (www.expresso.pt)

    Na Mensagem, Pessoa identificou o mito com esse "nada que é tudo". Bem sabia o poeta que o Nada tinha um grande futuro à sua frente. Um futuro igual a um rato que pariu, não uma montanha, mas as próprias Provas de Aferição.

  • Luís Carmelo

    Luís Carmelo

    O que comanda as escolhas no Facebook não é uma súmula de interesses ou critérios e muito menos a liberdade. Existe um fluxo bem anterior a tudo isso, espécie de voragem cega que manipula vontades, desejos e opções tal como se manipulam marionetas. 

  • Luís Carmelo

    Luís Carmelo

    O pensamento sinceramente trágico de Alegre admite que a ausência de valores taxativos, fixos e capazes de marcar ideologicamente a sociedade significa, só por si, ausência de ética

  • Luís Carmelo

    Luís Carmelo

    Festejemos o tabu. As pessoas têm toda a legitimidade em crer nas suas Fátimas ou até no meu Benfica. Nem de outro modo a vida teria graça, polémica, ou motivos para os antropólogos se dedicarem às suas sempre curiosíssimas investigações. 

  • Luís Carmelo

    Luís Carmelo

    No país real já ninguém tem paciência para Comissões de Inquérito. Se a justiça não funciona, ou funciona com morosidades conhecidas, como é que o país consegue colocar-se ao espelho desta febre das Comissões de Inquérito? 

  • Luís Carmelo

    Luís Carmelo

    Custa muito construir uma marca, mas é fácil ver uma marca arruinar-se: basta uma ocorrência minimamente significativa que abale tudo o que antes se fez. Com as nomeações governamentais acontece o mesmo, com a diferença de que essa ocorrência minimamente significativa já, há muito, que se tornou em bola de neve. 

  • Luís Carmelo

    Luís Carmelo

    No pós-25 de Abril, a questão religiosa nunca foi relevada. O curso normal da convivência democrática sempre pressupôs, no entanto, um certo grau de tabu, de silenciamento ou, pelo menos, de retracção face à liberdade de escrever sobre a igreja. 

  • O Wrestling político e o PSD

    Luís Carmelo

    Luís Carmelo (www.expresso.pt)

    Barthes escreveu há muitos anos sobre o facto de o wrestling não ser um desporto, mas antes um espectáculo. Tal como o strip-tease.

  • Luís Carmelo

    Luís Carmelo

    Quando a 'alma colectiva' se sente ferida - o pretexto pode ser o centro de saúde ou qualquer outro -, não há voz que se deixe perceber: o grito e o ritual substituem-na sem cessar, dando assim sentido à perda que não se pode nem quer aceitar.