Siga-nos

Perfil

Expresso

Póvoa Semanário

Incêndio com elevados prejuízos no Mercado da Póvoa

Poucos minutos depois das 9 horas da manhã deste domingo, deflagrou um incêndio no interior do terceiro piso do mercado da Póvoa.

Póvoa Semanário

Poucos minutos depois das 9 horas da manhã deste domingo, deflagrou um incêndio no interior do terceiro piso do mercado da Póvoa. A zona ficou sul do piso e o tecto ficaram destruídos e os prejuízos são elevados

A origem do incêndio, não está apurada, mas entre os comerciantes do mercado, circulava a hipótese de uma vela ter ficado acesa ou um curto-circuito, poderem ser a causa do mesmo.No local existiam botijas de gás, de apoio a refeições de alguns comerciantes, que a autarquia, que é responsável pelo edifício, já ter avisado em devido tempo, a proibição das mesmas e que foram responsáveis pelas explosões verificadas durante o incêndio. No combate ao incêndio estiveram os Bombeiros da Póvoa de Varzim e Vila do Conde, envolvendo 10 viaturas e 43 homens.

O comandante Alberto Aguiar, admite que o incêndio já tivesse começado "durante a noite, numa menor dimensão e só de manha, o mesmo teve esta propagação". O incêndio está em fase de rescaldo, e a policia judiciária está a analisar o interior do mercado. Aires Pereira, vice-presidente da autarquia e responsável da protecção civil local, garantiu que o mercado abre esta segunda-feira, mas o 3º piso vai estar encerrado, louvando a atitude dos bombeiros no combate ao incêndio e manifestando o seu desagrado aos poderes nacionais, porque a cidade e os seus Bombeiros ainda não foram contemplados com a escada Magirus, pedida há 10 anos e que faz imensa falta, numa terra, com a urbanidade da Póvoa de Varzim.